Venda de imóveis usados aquece mercado em BH

0
305
Venda de imóveis usados aquece mercado em BH
Aluguel residencial em BH subiu 9,56% em 12 meses

Os números falam por si: a venda de imóveis vem disparando em Belo Horizonte. Esse número, que do ano 2000 para cá, permaneceu estável até 2006, começou a apresentar uma alta significativa a partir de 2007, quando foram vendidas 457 unidades, só no primeiro semestre. Segundo uma pesquisa da Fundação IPEAD/UFMG, só em 2010 já foram comercializadas 1.078 unidades. Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 11,25%.

E esse número deve aumentar em proporções ainda maiores, pois entre 11 e 13 de junho, em Belo Horizonte, a Caixa Econômica Federal prepara o lançamento do Feirão da Casa Própria. Em outras cidades do país, o Feirão começou no dia 7 de maio. No total, a Caixa vai oferecer perto de 450 mil imóveis novos, usados ou na planta. Dentro do programa Minha Casa, Minha Vida, que busca atender famílias com renda superior a três salários mínimos, a Caixa vai oferecer mais 220 mil imóveis.

Para diversos especialistas, os programas da Caixa aqueceram o mercado. -“Primeiro, porque deu condições à  classe C de correr atrás de uma casa própria; e segundo, porque tem muita gente que está comprando como investimento, pois está valendo a pena alugar”, afirma a economista Carmen Damasceno, lembrando que o retorno de algumas aplicações tradicionalmente procuradas pela classe média é menor do que o dos aluguéis. O aumento da renda média da maioria da população é o item citado pelo corretor, Flaviano Correa. -“Quem morava em apartamento de dois quartos, quer um de três; quem morava num de três quartos, agora quer um de quatro, e assim por diante”, avalia Flaviano -” a venda de usados é um dos itens que estão aquecendo o mercado”.

Os números da pesquisa da Fundação IPEAD/UFMG identificaram uma queda de 10,56% nos lançamentos de novas unidades, no mesmo período deste ano, em relação ao primeiro semestre de 2009.