Reforma sem sair de casa requer planejamento

0
707
Na reforma desta área gourmet, para não gerar grandes transtornos aos clientes que ficaram na residência enquanto o espaço era revitalizado, foi usado no piso um revestimento madeirado que pode ser colocado em cima do já existente
Dá para deixar a casa bonita e repaginada sem precisar arrumar as malas e se mudar! Com planejamento e ajuda de um bom profissional, moradores e obras podem conviver com reforma debaixo do mesmo teto                            

O fim do ano está chegando e as pessoas já pensam na reforma e intervenções no lar para receber amigos e familiares, em grande estilo, para as comemorações típicas de dezembro. Mesmo assim, muita gente atrasa a reforma e deixa tudo para a última hora por não ter condições de deixar a casa durante a obra. Para quem está nesse dilema, a notícia é boa: de acordo com profissionais de arquitetura e decoração, dá para reformar sem sair de casa!

Como já foi comprovado pela física, dois corpos não ocupam o mesmo lugar. Portanto, o primeiro passo para conviver bem com uma reforma é eliminar todos os itens que não servem mais e liberar espaço. “O primeiro passo da reforma deve ser um bota fora mesmo! Depois de fazer essa organização, as coisas que sobrarem e tiverem utilidade devem ser embaladas e colocadas em um local reservado a elas”, reforça o arquiteto Júnior Piacesi

Neste projeto de reforma, a cozinha foi totalmente reformulada com a cliente morando no apartamento. Com uma boa gestão de obra, isso é completamente possível
Neste projeto de reforma, a cozinha foi totalmente reformulada com a cliente morando no apartamento. Com uma boa gestão de obra, isso é completamente possível

Se tem uma coisa que incomoda muito em obra é a poeira. Mas, infelizmente, ela é inevitável. A designer de interiores Danielle Bellini e o arquiteto Luís Gustavo Bellini ensinam como minimizar esse transtorno: “Os móveis podem ser protegidos com plástico preto. A reforma também pode ser feita remanejando os ambientes, transferindo os móveis de lugar e liberando um ambiente após o outro, de acordo com a necessidade dos moradores”.

Outra dica importante é limpar, ainda que grosseiramente, os ambientes a cada etapa da reforma. “Oriento as equipes a sempre separar o lixo no final do dia, isso facilita a visualização de acabamento na obra e ajuda a diminuir a sujeira e a poeira”, ensina Júnior Piacesi. O arquiteto lembra ainda que sempre que possível é ideal passar um pano úmido em objetos e jogar água no ambiente se for possível.

Para áreas de banho e cozinha o indicado é usar revestimentos por cima dos já existentes. “Uma boa opção para essas áreas são os revestimentos madeirados, fixados com cola de sapateiro por cima do já existente”, contam Danielle e Luís Gustavo.

Com essas dicas já dá para começar a pensar na reforma. Assim, em dezembro estará tudo pronto para receber amigos e familiares sem nenhuma preocupação.