Quarto infantil e a decoração montessoriana

0
1520
Quarto infantil projetado nos moldes montessoriano. Todos os móveis e objetos são colocados mais baixos para que a criança tenha acesso e seja mais independente
Quarto infantil projetado nos moldes montessoriano. Todos os móveis e objetos são colocados mais baixos para que a criança tenha acesso e seja mais independente
Esse tipo de decoração em quarto infantil estimula a criança a brincar e aprender ao mesmo tempo de forma lúdica e natural

O quarto infantil com decoração montessoriana é projetado para que a criança tenha mais liberdade. Desenvolvido pela médica italiana Maria Montessori, o método propõe a busca direta e pessoal do aprendizado. Para isso, a criança precisa de um ambiente projetado sob sua ótica, feito para que ela possa circular livremente e descobrir possibilidades e estímulos para seu desenvolvimento.

Assim, surgiram os quartos montessorianos. Eles tem brinquedos, objetos, prateleiras, tudo feito para que a criança consiga ter acesso sem a ajuda de um adulto. Dessa forma, a criatividade e curiosidade dela é estimulada.

A designer de interiores Iara Santos comenta a importância desse tipo de projeto, voltado para os pequenos. “Os quartos montessorianos promovem mais autonomia para as crianças, pois elas podem ter tudo à mão sem precisar de ajuda. Isso as leva a várias experiências que estimulam sua coordenação, desenvolvimento motor e psíquico”.

Projeto de Iara Santos
Projeto de Iara Santos

A designer aplicou essa técnica em um de seus projetos mais recentes. “Idealizei um quarto para dois irmãos, uma menina com cerca de dois anos e um menino com quatro. A ideia foi que tudo fosse bem colorido, bem alegre, para eles sentirem que era o espaço deles mesmo. Tudo foi colocado mais baixinho para eles terem acesso. Muitas vezes a criança desiste de um brinquedo ou qualquer outra coisa por não terem acesso, isso desestimula, então, essa foi a principal preocupação”, conta Iara.

O projeto é uma brinquedoteca com gavetões para guardar os brinquedos, revisteiro, baú, mesinha, nichos e pareteleiras mais baixa para facilitar a vida dos pequenos. Outra preocupação foi com as cores. “Os tons usados não distingue os gêneros feminino e masculino, assim, os irmãos possuem um quarto para brincarem juntos, um espaço coletivo. Inclusive, a proposta do papel de parede com números foi justamente essa”, enfatiza Iara.

Outro item que a mereceu toda a atenção da designer foi a segurança. Como nesse tipo de ambiente tudo é mais baixo, a preocupação foi em esconder quinas e pontas para evitar acidentes. “Os móveis desse projeto foram feitos em curva, desa forma, as quinas são eliminadas, evitando que as crianças se machuquem.”, destaca Iara.

O quarto infantil projetado pela designer é alegre, colorido, cheio de detalhes e possibilidades. “A geometria com os números, as cores, as formas, os brinquedos, cada cantinho e espaço tem a porposta de ensinar com o lúdico. Assim, a criança explora, se diverte e aprende brincando”, encerra Iara.