Quarto do adolescente: como decorá-lo?

0
696
O quarto do adolescente pode ser representado também por meio dos adornos. Foto: Alexandre Lima
O quarto do adolescente pode ser representado também por meio dos adornos. Foto: Alexandre Lima
Transformar o quarto do adolescente que ainda tem decoração infantil pode ser mais fácil, mais rápido e mais barato do que se imagina

Com dicas simples, o quarto do adolescente  pode ser totalmente repaginado.   Para a chegada do filho, os pais decoram o quarto com muito carinho para que esse espaço seja seguro, confortável, suave e tranquilo. Mas, com o tempo, o filho cresce e o quarto infantil já não se adapta mais à realidade daquela criança que agora é um adolescente. Para piorar toda a situação, o orçamento está curto. O que fazer diante desse problema?

De acordo com a designer de ambientes Fabiana Visacro, o segredo está em promover pequenas mudanças nos móveis e adornos. “A grande sugestão é reaproveitar ao máximo os móveis por meio da customização, mudar a posição de alguns elementos e apostar em peças decorativas. Foi isso que fiz em um dos meus projetos ao transformar o quarto de uma adolescente que ainda tinha decoração de quando ela era uma criança”, destaca a profissional.

Revisteiros de parede, quadros diferenciados e almofadas personalizadas e temáticas são itens muito procurados para o quarto do adolescente. Foto: Osvaldo Castro
Revisteiros de parede, quadros diferenciados e almofadas personalizadas e temáticas são itens muito procurados para o quarto do adolescente. Foto: Osvaldo Castro

No projeto em questão, Fabiana reutilizou o painel em MDF que a cliente já tinha e que fazia as vezes de cabeceira da cama. “O painel horizontal era todo lilás e com borboletas. De fato, uma decoração bem infantil. A peça foi pintada de branco e colocada na posição vertical. Nas laterais da parede que sobraram, especifiquei um papel de parede estampado escolhido pela própria cliente. O resultado foi um conjunto harmonioso e jovial”, descreve Fabiana.

Outro objeto reaproveitado pela designer foi o gaveteiro. “Essa peça era neutra e foi utilizada na nova decoração. É uma forma de a cliente ganhar espaço para guardar seus itens pessoais. Para dar cara nova à peça, apostei em adornos que ficaram posicionados sobre o móvel. Isso fez toda a diferença, completou a composição e trouxe ares mais adolescentes à decoração”, salienta a profissional.

Por falar em adornos, eles são muito responsáveis pela transformação rápida e barata de um espaço. Basta ter criatividade e escolher as peças certas. “Nessa fase da vida, o jovem busca símbolos para se afirmar entre seus pares e se sentir aceito e seguro. Na decoração isso pode ser representado também por meio dos adornos. Aqui na Villa Maria, os revisteiros de parede, quadros diferenciados e almofadas personalizadas e temáticas são itens muito procurados”, conta a decoradora e sócia da loja Villa Maria, especializada em soluções para dormitórios, Maria Cristina Bahia.

Com essas dicas, não há desculpas para os pais: fica mais fácil e mais barato dar cara nova ao quarto do adolescente e deixá-lo de acordo com a idade e personalidade do filho.