Quarto de bebê deve ser bem planejado

0
1070
Uma tendência no quarto de bebê é o painel na parede, conhecido como boiserie
Uma tendência no quarto de bebê é o painel na parede, conhecido como boiserie
Os elementos principais do quarto de bebê são o berço, o trocador, a poltrona de amamentar

lilianA decoração do quarto de bebê é um momento de grande expectativa para os pais e, por isso, deve ser bem planejada. O primeiro passo é contratar um arquiteto para fazer o projeto de interiores e definir as prioridades, assim que souber da gravidez, para dar tempo de fazer tudo com calma.

Os elementos principais são o berço, o trocador, a poltrona de amamentar e a cama da babá, se houver. Nos primeiros meses, as roupinhas podem ser guardadas em uma cômoda.

Se o espaço for compacto, prefira móveis multifuncionais. A cômoda, por exemplo, pode ter a função de guardar as roupas do bebê e, na parte superior, servir de trocador.

Se os irmãos têm idades diferentes e vão dividir o mesmo quarto, a solução pode ser a cama suspensa, para o mais velho, e o berço com gavetas, para o bebê, maximizando o espaço.

Berço estofado em capitonê, estilo Luis XV, com dossel
Berço estofado em capitonê, estilo Luis XV, com dossel
Planejados 

Os móveis planejados também são uma boa escolha para quem tem espaço reduzido. O estilo provençal e vitoriano está em voga, com a volta do mobiliário Luis XV revestido em folha de ouro ou prata, que atende tanto a menina quanto o menino.

A tendência para o berço é o estofado em capitonê (estofamento acolchoado com botões que formam desenhos geométricos) ou a tradicional palhinha.

O dossel surge repaginado, protegendo o bebê dos insetos e do frio.

Futuramente, a cama da babá pode vir a ser a cama da criança! Outra opção, é o berço desmontável que desencaixa as grades para virar uma mini cama, ideal para os primeiros anos da criança. 

Geralmente, o mobiliário feito para criança é mais baixo que o padrão; tem as bordas arredondadas, sem quina viva; e é pintado com tinta atóxica.

Outra tendência é o boiserie, painel em relevo típico da decoração francesa dos séculos XVII e XVIII. Originalmente, era feito em madeira, mas, atualmente, as molduras são vendidas em barras pré-fabricadas em gesso ou isopor. O boiserie pode ser feito em toda a parede e, neste caso, pintado na mesma cor da parede; ou pode ser feito apenas até a metade, aliado a um papel de parede ou tecido para revestir o restante da parede. Ambas as opções são elegantes!

A cama da babá, em palha, pode virar a cama da criança
A cama da babá, em palha, pode virar a cama da criança

Se você não sabe o sexo do bebê, opte pela decoração com base neutra e deixe as cores para os detalhes. A mesma situação se aplica quando os filhos vão dividir o mesmo quarto, mas são de idades e sexos diferentes.

Tons pastéis

Os tons pastéis, conhecidos como candy colors, são ótimas opções para decorar o quarto de bebê, como rosa, amarelo, verde menta e azul.

Cuidado com tapete, cortina de tecido e bichos de pelúcia no quarto, pois pode causar alergia. E a iluminação deve ser indireta, para valorizar a decoração e não ofuscar a vista do bebê. 

Lilian Fajardo é arquiteta, urbanista e designer de interiores. Trabalha com projetos residenciais e comerciais. 

Apresenta a coluna “Arquitetando” toda quinta-feira no programa “Revista BHNews” que começa às 17:30h, com reprise às 21:30h, na BHNEWS TV, canal 09 da NET ou pelo site www.bhnews.tv.br, em tempo real.

lfajardo.arq@gmail.com

www.lilianfajardo.blogspot.com.br

www.facebook.com/lilianfajardoarquitetura

@lilianfajardooficial