Preços de Imóveis comerciais fecham 2017 em queda

0
118
Os preços de imóveis comerciais fecham 2017 em queda em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Foto: Pixabay.com
Os preços de imóveis comerciais fecham 2017 em queda em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Foto: Pixabay.com
À exceção de Belo Horizonte, cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial apresentam queda nos preços de imóveis comerciais em 2017 

Os preços de imóveis comerciais fecham 2017 em quedas de 4,16 (para venda) e 3,86% (para aluguel), de acordo com o Índice FipeZap Comercial – que acompanha o preço médio de conjuntos e salas comerciais de até 200 m2 em 4 municípios brasileiros. Em novembro, o índice, elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), registrou nova retração nos preços de venda e locação. No caso dos imóveis à venda, houve queda de 0,53% no último mês, enquanto o preço médio de locação apresentou um recuo menor, de 0,05%.

Com o resultado, o Índice FipeZap Comercial acumula queda nominal de 4,16% e 3,86% em 2017, respectivamente, nos preços de venda e locação de conjuntos e salas comerciais. Vale ressaltar que, dentre as cidades monitoradas pelo índice, apenas em Belo Horizonte a variação observada no preço médio de venda de imóveis comerciais é positiva neste ano (+1,52%). A variação observada na capital mineira, entretanto, ainda é inferior à inflação acumulada até novembro (+2,50%, segundo dados do IPCA/IBGE).

Nos últimos 12 meses, houve queda de 4,19% no preço médio de venda de imóveis comerciais, ao passo que o preço médio de locação recuou 3,88%. Tendo em conta a inflação acumulada de 2,80% no período (IPCA/IBGE), a queda real é de 6,80%, no preço de conjuntos e salas comerciais à venda, e de 6,50% no preço das unidades destinadas para locação.

Investimento no ano foi inferior ao CDI

O investimento em imóveis comerciais tem oferecido um retorno médio inferior ao CDI* desde 2014 – diferencial que se acentuou a partir de 2015. Nos últimos 12 meses, o CDI apresentou uma rentabilidade de 11,0%, mas os proprietários de imóveis comerciais obtiveram um retorno médio de 1,3% – percentual que inclui a renda média do aluguel e a taxa de valorização dos ativos.

Em novembro de 2017, o valor médio do m2 anunciado nos municípios monitorados foi de R$ 9.670 no caso de imóveis comerciais à venda, e R$ 40,99, na locação. Rio de Janeiro se manteve no topo do ranking de venda, com o preço de venda mais caro por m2 (R$ 10.469), enquanto São Paulo lidera com o maior preço médio de locação (R$ 44,24) e a maior taxa de rentabilidade do aluguel, com retorno anualizado de 5,6%.