Preço de imóveis tem queda real pelo 6º mês

0
519
O preço de imóveis para venda nas 20 cidades pesquisadas ampliou sua queda real para -3,47% nos 4 primeiros meses de 2015

Índice FipeZap Ampliado tem nova queda real em abril. Em 2015, o crescimento acumulado no preço de imóveis é de 1,08%, enquanto a inflação no período foi de 4,55%

O Índice FipeZap, que acompanha o preço de imóveis em 20 cidades brasileiras, registrou aumento de 5,25% no período de 12 meses terminado em abril/2015. Foi a quarta vez consecutiva que houve variação menor do que a inflação nessa base de comparação, configurando portanto nova queda real de preços. Foi também a sexta vez consecutiva que o índice registrou queda real na base de comparação mensal.

O preço de imóveis  para venda nas 20 cidades pesquisadas ampliou sua queda real para -3,47% nos 4 primeiros meses de 2015
O preço de imóveis para venda nas 20 cidades pesquisadas ampliou sua queda real para -3,47% nos 4 primeiros meses de 2015

Após o resultado de abril, o Índice FipeZap Ampliado registra um crescimento acumulado em 2015 de 1,08%. No mesmo período a inflação esperada para o IPCA (IBGE) é de 4,55%. Dessa maneira, o preço médio anunciado do metro quadrado para venda nas 20 cidades pesquisadas ampliou sua queda real para -3,47% nos 4 primeiros meses de 2015.

No ano, todas as 20 cidades que compõem o Índice FipeZap registraram variações menores do que a inflação, sendo que Niterói, Brasília e Curitiba apresentaram queda nominal nesse mesmo período.

O valor anunciado do metro quadrado médio das 20 cidades em abril/2015 foi de R$ 7.590. A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.653), seguida por São Paulo (R$ 8.570). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.516) e Goiânia (R$ 4.155). Veja quadro abaixo.

O Índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP Imóveis, é calculado pela Fipe e acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 20 municípios brasileiros com base em anúncios da internet.

Captura de Tela 2015-05-06 às 14.09.45