Pesquisa faz Raio X de projetos imobiliários em BH

0
338
PBH aprovou 124 projetos imobiliários em setembro. Pampulha teve o maior número: 24. Foto: Adão de Souza
PBH aprovou 124 projetos imobiliários em setembro. Pampulha teve o maior número: 24. Foto: Adão de Souza

Estudo  vai mostrar, mensalmente, a quantidade de empreendimentos aprovados na capital mineira

A partir deste mês, a Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG) divulga ao mercado imobiliário e à população em geral uma nova pesquisa realizada em parceria com a Prefeitura de  Belo Horizonte (PBH). O levantamento contabiliza o número de projetos arquitetônicos aprovados na cidade, segmentados por regiões e tipos imobiliários.

A pesquisa de julho registrou um total de 147 projetos imobiliários aprovados pela prefeitura. Ao segmentar por regiões de Belo Horizonte, a Pampulha teve o maior número de aprovações: 24. Segundo o presidente da CMI/Secovi-MG, Evandro Negrão de Lima Jr, “essa quantidade superior se deu pelo fato de a Pampulha ser uma região em evidência nos últimos anos com vários fatores que levaram à sua melhoria e consequente valorização, como a Linha Verde, cidade administrativa, ampliação do aeroporto, duplicação das vias de acesso, reforma do Mineirão, entre outros”.

Na sequência, estão a regional Venda Nova, com 22 aprovações, Barreiro (16), Nordeste (16), Oeste (16), Centro-Sul (14), Leste (14), Noroeste (14) e Norte (11).

Segmentada por tipos imobiliários, a pesquisa indica que os imóveis residenciais foram os que tiveram o maior número de aprovações: 110. Dentro desse segmento, foram aprovados 69 empreendimentos unifamiliares (casas, exceto em conjuntos habitacionais) e 41 multifamiliares (prédios). Os residenciais contabilizaram um total de 471 unidades. Os imóveis mistos (comerciais e residenciais em um mesmo empreendimento) tiveram 12 aprovações, em um total de 87 unidades. Já os não-residenciais (comerciais) foram 25, com um total de 109 unidades.

O presidente da CMI/Secovi-MG, Evandro Negrão de Lima Jr
O presidente da CMI/Secovi-MG, Evandro Negrão de Lima Jr

De acordo com o presidente da CMI/Secovi-MG, Evandro Negrão de Lima Jr.,  a nova pesquisa permitirá conhecer a velocidade de expansão do mercado imobiliário, além de acompanhar de perto os projetos que a PBH aprova mensalmente. “Nossa meta é gerar informação de qualidade aos nossos associados e para toda a população da capital mineira”, afirma.