Ousadas, as pastilhas exalam contemporaneidade

0
657
As pastilhas podem ser usadas em banheiros, cozinhas, sala e varanda, agregando beleza aos espaços

Para deixar os ambientes mais belos e coloridos, sem abrir mão do charme e da criatividade, as pastilhas são a opção mais correta

Cheias de cores, dinamismo e criatividade, as pastilhas estão ganhando espaço no design de interiores. Cada vez mais, profissionais especificam esse material em seus projetos para tornar os espaços belos, atuais e inovadores.

“A pastilha é um ícone da atualidade. Ela reflete o frescor, a nova atmosfera do design e das novas tecnologias, dos materiais e revestimentos. Elas trazem ainda cor a qualquer espaço, tornando-o mais despojado”, ressaltam as designers de interiores, Fabiana Visacro e Laura Santos.

Se as pastilhas podem ser consideradas ícones da atualidade, um dos fatores que as fizeram ostentar esse título é a criatividade com um toque de ousadia dos profissionais que as especificam. “Existem pastilhas que simulam joias, como por exemplo, a madrepérola. Outras são rústicas e se assemelham a pedras. Elas podem ser brilhosas, foscas e até mesmo espelhadas. Podem imitar ainda o aço ou cobre. Elas são realmente peças chave quando o assunto é inovar e colorir”, asseguram Fabiana e Laura.

A variedade de cores e materiais ajuda na decoração
A variedade de cores e materiais ajuda na decoração

Hoje, elas são utilizadas em quase todo tipo de ambiente, como cozinha, sala, banheiro, espaço gourmet e varandas. A variedade de cores e materiais faz que com esse revestimento fique bem em qualquer decoração. “Além das cores, a facilidade de harmonizar e equilibrar simetricamente as pastilhas com qualquer tipo e tamanho de azulejo ou de outros revestimentos é um ponto positivo, que faz com que elas sejam mais especificadas ainda nos projetos”, conta a designer de interiores Iara Santos.

O uso de pastilhas, de fato, só acrescenta ao ambiente. “Elas proporcionam, entre outras coisas, leveza, personalização, beleza e valorização do espaço. Entretanto, devem ser usadas com cautela. Nada de excessos!”, adverte Iara.

Para um resultado mais satisfatório, recomenda-se optar por mão de obra qualificada na hora de assentar as pastilhas. “É importante que seja tudo desenvolvido por profissionais, caso contrário, o acabamento pode desvalorizar a pastilha e até mesmo causar um efeito negativo ao ambiente”, afirmam Fabiana e Laura.

A mão de obra qualificada é fundamental na hora de assentar as pastilhas
A mão de obra qualificada é fundamental na hora de assentar as pastilhas