O “Morar Bem” é o mote da Casa Cor São Paulo

0
417
Terraço da Família, criado por Caroline Elkins

A Casa Cor São Paulo chega à 27ª edição e busca sofisticação e criatividade do trabalho realizado pelos profissionais em 77 ambientes voltados ao “Morar Bem”. A mostra está sendo apresentada no Jockey Club da capital paulista, até 21 de julho (leia serviço abaixo).

Todos os profissionais participantes da Casa Cor deste ano foram selecionados por um Comitê Curador, formado por Claudia Moreira Salles, designer; Cristina Ferraz, diretora de relacionamento da Casa Cor; Tuca Reinés, fotógrafo; Roberto Dimbério, consultor no segmento de arquitetura e decoração e Waldick Jatobá, empresário e curador de arte, após rigorosa análise de portfólio e histórico de trabalhos realizados. O foco era garantir a diversidade de estilos e as propostas dos ambientes, contribuindo para a harmonia, inovação e qualidade da mostra.

Espaço Suíte do Menino, elaborado por Clelia Regina
Espaço Suíte do Menino, elaborado por Clelia Regina

O evento apresenta ao público propostas de casas, lofts, um apartamento completo, studios, uma casa weekend e cozinhas gourmets, criados por estrelas da arquitetura e do design, como Brunete Fraccaroli, Fabrizio Rollo, Esther Giobbi, Ana Maria Vieira Santos, David Bastos, Jóia Bergamo, Roberto Migotto, Dado Castelo Branco, Leo Shehtman, Murilo Lomas, Luis Carlos Orsini, entre outros. Outro grande destaque é o retorno do premiado arquiteto Sig Bergamin à mostra, após sete anos de ausência, que projetará um spa integrado a casa, em que o visitante poderá conhecer os últimos lançamentos em louças e metais.

“O design está  cada vez mais presente em nosso cotidiano. Buscamos retratar em diversos âmbitos a perfeita harmonização entre a beleza e o conforto. E este ano, os visitantes ganham a oportunidade de conhecer uma exposição de peças de mobiliário clássicos do design de parte do acervo do MoMA adquirido na década de 70 pela Fiesp”, destaca o presidente do Grupo Casa Cor, Angelo Derenze.

Sala "Mil tons de cinza", criado por Brunete Fraccaroli
Sala “Mil tons de cinza”, criado por Brunete Fraccaroli

Serão 17 peças em exposição, entre elas estão a Poltrona Mole de Sergio Rodrigues, a Poltrona Charles Eames e a Cadeira Panton considerados ícones do design mundial, exibidos pela última vez em 2006, em São Paulo.

Iniciativas apresentadas em Milão este ano também estarão à disposição dos visitantes da Casa Cor, destacando o design brasileiro. O arquiteto Marcelo Rosenbaum apresentará peças produzidas no projeto A Gente Transforma. São luminárias criadas em parceria com a etnia indígena Yawanawá que representam a floresta e a árvore sagrada.

Serviço: 
Período: até 21 de julho de 2013
Horário: de terça a sábado das 12h às 21h30.
Aos domingos e feriados das 12h às 20h
Local: Jockey Club de São Paulo. Av. Lineu de Paula Machado, 1173, Cidade Jardim, São Paulo / SP
Ingresso: de terça a sexta – R$ 40,00. Sábado, domingo e feriados – R$ 49,00
Passaporte: R$ 90,00 (válido para todos os dias da mostra)
Mais Informações: www.casacor.com.br