O chique que cabe no Bolso – como decorar seu lar

0
473

Garimpar e customizar para ter a decoração dos sonhos

Pol._BEND-elemento-PB089_4_-_Poltrona
Elementos/divulgação

Muita gente acredita que decorar a casa é um luxo que não cabe no orçamento. A boa notícia é que existem várias opções para deixar o lar criativo, chique e, o melhor, gastando pouco. Os profissionais do segmento estão de olho no aumento pela busca por recursos de decoração com um custo mais baixo e oferecem dicas e ideias que atendem a todos os públicos. O chique que cabe no bolso.

Para a designer de interiores Carla Fontoura, a grande procura por uma decoração mais acessível se deve ao boom imobiliário, que gerou um número significativo de consumidores que adquiriram a casa própria. Após a realização deste sonho, vem o segundo passo: deixar a casa mais bonita: -“As pessoas querem ter o lar mais aconchegante de forma a valorizar o empreendimento. Isso é possível quando o profissional consegue descobrir produtos de design e qualidade para ambientar os espaços”, destaca.

Contudo, como fazer para não errar na hora de decorar a casa e ainda gastar pouco dinheiro? A resposta é simples. A contratação de um profissional da área é indispensável! E isso não significa gastar mais, pelo contrário, é o arquiteto ou designer que vai desenvolver um projeto a um custo menor, além de avaliar as prioridades e o que exatamente deve ser feito. Segundo Carla, é este o atual objetivo dos profissionais: -“Tornar a decoração acessível e realizável”.

Para que isso seja possível é necessário customizar móveis e objetos. Outra opção é mudar o layout dos móveis, a fim de proporcionar novos ares ao ambiente, sugerem Ana Karina Chaves e Klazina Norden, da AKinteriores. Porém, a grande sacada é garimpar peças como confirmam as profissionais: -“Buscar objetos em feiras, mercados e antiquários usando a criatividade e bom gosto alivia no orçamento do projeto, além de conferir originalidade”.

Garimpar coisas baratas e de bom gosto é a uma ótima opção. Dar novos usos a velhos itens como garrafas, que podem se transformar em luminárias; caixas de vinho, que podem virar um revisteiro; e paletes, que com imaginação e técnica se transformam em base para sofá ou cama. Desta forma, ambientes se convertem em espaços chiques.