Móveis espelhados dão sensação de amplitude

0
1177
Projeto da designer Iara Santos. O criado espelhado dá um glamour extra ao quarto. Foto: Osvaldo Castro
Assim como na moda, as tendências na decoração são cíclicas. Os móveis espelhados, por exemplo, voltaram com tudo aos projetos de interiores e, agora, conquistaram espaço nos dormitórios

Os móveis espelhados, sucesso nas décadas de 1970 e 1980, voltaram com força total à decoração, graças à sua versatilidade. Isto porque esse tipo de mobiliário vai bem desde ambientes clássicos até os mais descolados e, além disso, conseguem se integrar aos espaços com harmonia.

Atualmente, os móveis espelhados são uma forte tendência para os quartos. Posição que, segundo a designer de interiores Iara Santos, foi conquistada graças ao seu poder de sofisticar a decoração. “Os quartos geralmente são mais compactos e, por isso, existem menos opções de móveis para esse ambiente. Os móveis espelhados vieram para dar um destaque maior ao espaço e trazer requinte”, comenta a profissional.

Além disso, como bem lembra a decoradora Maria Cristina Bahia, o mobiliário espelhado está ganhando espaço nos quartos por ser também uma opção que traz amplitude a esse tipo de ambiente. “Os espelhos integrados aos móveis tornam os dormitórios visivelmente maiores, leves e até charmosos”, reforça.

Móveis espelhados ajudam a ampliar os espaços. Foto: Gustavo Xavier
Móveis espelhados ajudam a ampliar os espaços. Foto: Gustavo Xavier

Além da função estética, Maria Cristina Bahia, da Loja Villa Maria, ressalta a funcionalidade desse tipo de móvel: ” ajuda a ampliar os espaços”.

Iara destaca como esse tipo de mobiliário pode ser adquirido: “Para os mais práticos, há opções já prontas para usar nas lojas. Para os mais sustentáveis, há a opção de repaginar um móvel antigo e revesti-lo com espelhos. Para esse último caso, o ideal é que a peça não possua puxadores”.

Para os mais sustentáveis, há a opção de repaginar um móvel antigo e revesti-lo com espelhos. Foto: Juliana Buli
Para os mais sustentáveis, há a opção de repaginar um móvel antigo e revesti-lo com espelhos. Foto: Juliana Buli

Para que a decoração não fique sobrecarregada, Maria Cristina encerra com uma dica. “O ideal é apostar em elementos neutros. Os espelhos vão refletir toda a decoração e se houver muita informação, como cor, o ambiente vai ficar cansativo e causar uma sensação ruim nas pessoas. Além disso, é interessante dosar o uso de móveis espelhados para que o quarto não pareça infinito”, conclui.