Metro quadrado sobe menos que a inflação em fevereiro

0
207
De acordo com o Sinapi, de janeiro a novembro deste ano a mão de obra subiu 6,87%
De acordo com o Sinapi, de janeiro a novembro deste ano a mão de obra subiu 6,87%

O preço do metro quadrado de imóveis subiu menos que a inflação em nove das 16 capitais brasileiras em fevereiro, segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em conjunto com o portal Zap imóveis.

O índice FipeZap mostrou que os preços anunciados subiram menos do que a média dos demais preços da economia na maioria das dezesseis cidades pesquisadas, inclusive São Paulo. Em nove delas a variação mensal foi menor do que o aumento esperado de 0,63% para o IPCA (segundo o boletim Focus, do Banco Central).

Preço do metro quadrado em Belo Horizonte em fevereiro foi de R$ 5.381,00
Preço do metro quadrado em Belo Horizonte em fevereiro foi de R$ 5.381,00

Em três capitais (Porto Alegre, Curitiba e Brasília) houve queda nominal nos preços. Na média das 16 cidades pesquisadas, o Índice FipeZap Ampliado registrou aumento mensal de 0,57% e de 13,1% em 12 meses. Esta foi a terceira diminuição consecutiva do aumento anual (em novembro/2013 havia sido 13,8%).

Apenas no Rio de Janeiro (+1,08%) o aumento dos preços em fevereiro superou 1%. Em São Paulo (+0,62%), pelo segundo mês consecutivo, foi registrada a menor variação mensal da série histórica. A menor variação foi registrada em Porto Alegre, com queda de 0,37%.

Os valores médios do metro quadrado em fevereiro ficaram entre R$ 10.361 (Rio de Janeiro) e R$ 3.852 (Vila Velha). Em São Paulo foi de R$ 7.887 e a média das 16 cidades foi de R$ 7.363 (veja o gráfico).

FipeZap fev