Mercado imobiliário ganha índice nacional

0
674
O novo indicador nacional do mercado imobiliário vai abranger algumas das 20 principais cidades e regiões metropolitanas brasileiras
O novo indicador nacional do mercado imobiliário vai abranger algumas das 20 principais cidades e regiões metropolitanas brasileiras
CBIC lançou o primeiro indicador nacional para o mercado imobiliário

O mercado imobiliário terá o primeiro indicador nacional do país que mede a evolução dos lançamentos e vendas no mercado imobiliário. A novidade foi lançada pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). A variedade e dispersão da oferta passa agora a ser acompanhada e analisada a cada trimestre, com o objetivo de oferecer dados para que as empresas do setor possam acompanhar o desenvolvimento do mercado e antever tendências.

O indicador nacional será ferramenta estratégica para a tomada de decisão pelo empreendedor e também pelos demais agentes. “ Esse estudo tem grande importância para o nosso mercado e permitirá termos um acompanhamento histórico e consistente do mercado imobiliário , favorecendo a tomada de decisões empresariais e a formulação de políticas públicas”, disse o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

O estudo foi apresentado nesta semana em São Paulo, no Encontro de Informações Estratégicas para o Mercado Imobiliário , realizado pelo Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da CBIC em parceria com o SECOVI-SP. “A partir de 2015 contratamos uma consultoria que rodou o país para melhorar os índices disponíveis para a formação de um indicador nacional”, relata o economista Celso Petrucci, líder desse projeto.

20 principais cidades

Com o indicador os interessados no mercado imobiliário poderão ter um pouco mais de compreensão sobre a totalidade de empresas que produzem imóveis em todas as regiões do país. Este primeiro levantamento publicado pela CBIC, em correalização com o Senai Nacional, envolveu algumas das 20 principais cidades e regiões metropolitanas brasileiras. Pela primeira vez no Brasil, os agentes e interessados no mercado imobiliário passarão a contar com um indicador, simultaneamente, nacional e regional, da evolução dos lançamentos e vendas dos empreendimentos residenciais verticais em todas as regiões do país.

O primeiro indicador pode ser acessado aqui

Fonte: CBIC