Material de construção: CAIXA libera R$ 7 bilhões

0
376
Até sexta-feira (12), o banco oferece taxa de juros promocional de 1,95% a.m. para compra de material de construção
Até sexta-feira (12), o banco oferece taxa de juros promocional de 1,95% a.m. para compra de material de construção
Linha para financiamento de material de construção terá taxa promocional até sexta-feira 

A Caixa Econômica Federal disponibilizou R$ 7 bilhões para financiamento de material de construção, através do Construcard, linha de crédito para o setor. O produto também recebeu uma série de melhorias que visam dar agilidade e segurança à operação e qualidade no atendimento prestado a clientes e lojistas. “Nessa nova fase do produto, colocamos à disposição do setor, inicialmente, R$ 7 bilhões até o fim de 2017, valor que poderá ser aumentado, caso haja maior demanda. O objetivo é incentivar o segmento de materiais de construção”, ressalta o vice-presidente de Negócios Emergentes da CAIXA, Fabio Lenza.

O produto terá  cartão com chip, serviço de SMS e aplicativo de compras. O cliente contrata o financiamento nas agências da CAIXA, recebe o cartão na hora e pode realizar as compras no dia seguinte.

Por SMS, os clientes podem receber informações sobre saldo disponível e compras realizadas. Além disso, poderão baixar um aplicativo para consulta de extrato, saldo e até a realização de bloqueio e desbloqueio do cartão.

Até sexta-feira (12), o banco oferece taxa de juros promocional de 1,95% a.m. para clientes com mais de 6 meses de relacionamento. A ação conta com a parceria da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco).

“As condições para a contratação do financiamento continuam sendo uma das melhores do mercado e o produto conta ainda com uma ampla rede de mais de 50 mil lojistas de material de construção credenciados em todo o Brasil”, ressalta o vice-presidente Lenza.

Sobre o produto

Linha de crédito destinada a financiar a aquisição de materiais para construção, reforma ou ampliação de imóvel, com prazo de até 240 meses e 6 meses de carência. Também podem ser financiados móveis planejados e equipamentos para aquecimento solar. Atualmente, o saldo da carteira do Construcard é de R$ 6,4 bilhões.