Materiais de construção: vendas sobem em agosto

0
450
A indústria de materiais de construção prevê uma queda de 2% nas vendas para este ano
A indústria de materiais de construção prevê uma queda de 2% nas vendas para este ano

As vendas de materiais de construção subiram 7,1% em agosto em comparação a julho, segundo o levantamento mensal da  Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT). No acumulado de janeiro a agosto houve redução de 6,7% e sobre os últimos 12 meses, retração de 3,7%.

“O crescimento de agosto sobre julho são encorajadores e continua uma expectativa de melhoria dos resultados nos próximos meses nas reformas de moradias pelas famílias, no Programa Minha Casa, Minha Vida, bem como na fase de acabamento de obras residenciais e na infraestrutura. Nos dois últimos meses houve uma recuperação das vendas, porém será um desafio muito grande reverter os resultados obtidos até agora no ano.”, afirma o presidente da ABRAMAT, Walter Cover.

Vendas de materiais de construção subiram 7,1% em agosto, segundo a ABRAMAT

Os números do estudo da ABRAMAT mostram também que os empregos na indústria tiveram crescimento de 3,1% em relação a agosto de 2013. Já em comparação ao mês anterior houve queda de 0,4%.

Já o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) de agosto, calculado pelo IBGE em parceria com a CAIXA, mostra que a parcela dos materiais de construção apresentou variação de 0,28%, subindo 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,22%), enquanto a mão de obra registrou variação de 0,80%, caindo 0,21 ponto percentual em relação a julho (1,01%).

De janeiro a agosto deste ano, os acumulados são 3,78% (materiais) e 6,09% (mão de obra), sendo que em 12 meses ficaram em 6,26% (materiais) e 8,41% (mão de obra). Da mesma forma, estes resultados levam em conta a desoneração da folha de pagamento. Não considerando a desoneração da folha de pagamento os acumulados em 12 meses foram: 6,13% (materiais) e 8,54% (mão de obra).