Madeira é curinga em projetos de decoração

0
899
Uma das sugestões de Renata Basques é aplicar na parede o mesmo tipo de madeira que aparece em móveis do ambiente

A madeira sobreviveu ao tempo e às fases da decoração, sempre se reinventando e sem perder seu lugar 

A madeira nunca sai de moda. Clássica, ela é elemento importante na composição do decor de diversos ambientes, tornando-os mais bonitos e elegantes. Além de aquecer os espaços, esse material produz a sensação de aconchego. A essas qualidades, juntam-se outras quando a madeira é empregada como revestimento de paredes, o que torna seu uso praticamente uma regra aos que procuram personalização em grande estilo.

Neste quarto, a arquiteta Marina Dubal revestiu parte das três paredes com lâmina de madeira natural
Neste quarto, a arquiteta Marina Dubal revestiu parte das três paredes com lâmina de madeira natural

“O apelo estético da madeira é forte e nos remete à tradição de luxo brasileira. Ela é sinônimo de brasilidade”, conta a arquiteta e colunista do Portal emorar Estela Netto. Para a arquiteta Marina Dubal, esse material possui características que outros não possuem, por isso, é o revestimento de parede mais indicado para quem não abre mão de sofisticação. “A textura de um elemento natural, como a madeira, proporciona um pano de fundo neutro para qualquer decoração. A durabilidade também é significativamente superior a qualquer revestimento sintético”, esclarece a profissional.

Atualmente, no mercado de arquitetura e decoração, existem tipos de madeiras que são mais especificadas para revestir paredes. Marina conta quais são: “No momento, a tendência é usar o compensado revestido por lâminas de madeiras naturais, nacionais e importadas, como carvalho, nogueira, peroba, pau ferro, entre outras possibilidades”. A arquiteta destaca ainda que os tons mais utilizados são os de café, mel, palha e os ebanizados. Estela completa: “O importante é combiná-los com cores claras e vegetação natural. Cai muito bem, não tem erro”.

Uma das sugestões de Renata Basques é aplicar na parede o mesmo tipo de madeira que aparece em móveis do ambiente
Uma das sugestões de Renata Basques é aplicar na parede o mesmo tipo de madeira que aparece em móveis do ambiente

A arquiteta Renata Basques, que também é adepta ao uso da madeira como revestimento, faz algumas sugestões sobre as formas de aplicação do material. “Em um dos meus projetos de sala de jantar, por exemplo, usei a madeira em toda a altura da parede, camuflando as portas. O resultado ficou sóbrio e discreto, permitindo que o restante da decoração se destacasse.

Já para um outro projeto de sala de estar, fiz um jogo de nuances. Como especifiquei para o ambiente bancos de freijó tonalizado e mesa de centro de freijó natural, optei por propor para a parede o freijó lavado. O resultado dos dois projetos agradou em cheio”, diz Renata.

Leia mais sobre o uso da madeira na decoração. 

Nesta sala de jantar, os painéis de madeira camuflam as portas do ambiente
Nesta sala de jantar, os painéis de madeira camuflam as portas do ambiente