Layout da cozinha preserva a saúde

0
1061
É importante observar a área de circulação entre as bancadas da cozinha para evitar acidentes domésticos

O layout ruim da cozinha pode acarretar problemas, como dores crônicas na coluna

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) 80% das pessoas sofrem ou ainda sofrerão com dores nas costas. O alarmante dado é sintoma da prática recorrente de remediar em vez de prevenir. Sendo que, neste caso, a prevenção é simples e se refere a pequenos hábitos do cotidiano. “Por esse motivo torna-se muito importante a execução de projetos cada vez mais ergonômicos, e não apenas de ambientes comerciais, mas também de residências”, observa a fisioterapeuta Paula Pinho, lembrando que o layout da cozinha merece atenção especial.

As designers de interiores Ana Karina Chaves e Klazina Norden estão atentas a essa questão. “O padrão de altura das bancadas das pias é de 93 cm, incluindo o revestimento. Em um dos nossos projetos, a pia era muito mais baixa que isso e os usuários sentiam dor nas costas. Então fizemos a correção da altura”, contam. “Se entre as pessoas da casa houver alturas muito diferentes, recomenda-se que as pias estejam na altura do quadril das pessoas mais altas e que sejam instalados degraus de adaptação para os mais baixos. Os degraus de apoio também são importantes para que as tarefas possam ser executadas apoiando os pés alternadamente, o que ajuda na descarga de peso e torna a atividade menos cansativa”, sugere a fisioterapeuta.

No projeto de reforma desta cozinha a pia foi elevada depois que os usuários reclamaram de dor nas costas. Veja antes de depois. Fotos: Henrique Falci/divulgação

Outra instalação que também deve ser observada é a dos armários. “Os armários superiores podem ficar de 1,40 a 1,70 m do piso. Se instalados sobre a pia, o vão pode começar em 45 cm e chegar a 70 cm. As alturas para os fornos elétrico e microondas variam, mas, em média, o eixo do elétrico fica a 97 cm do piso, enquanto o centro do microondas fica posicionado a até 1,50m do chão”, explicam Ana e Klazina.

Se na cozinha tiver mesas, estas também devem ser observadas. “A mesa deve ter 76 cm de altura em relação aos pisos, enquanto para as cadeiras esta relação é de 45 cm”, recomenda a designer de interiores Iara Santos. “Isto por que é recomendável que os pés fiquem sempre apoiados no chão. E o antebraço deve estar posicionado sobre a mesa, sem que os ombros fiquem excessivamente elevados. Essa postura diminui a probabilidade de dor na coluna por compressão dos discos vertebrais”, explica Paula Pinho.

A designer Iara Santos finaliza com outras dicas para tornar as cozinhas ambientes funcionais, seguros e confortáveis: “As atenções sempre devem estar voltadas para a área de trabalho. Ou seja, fogão e bancada com cuba e geladeira. A circulação mínima entre as bancadas deve ser de, no mínimo, 1.10 m de distância para uma melhor locomoção, evitando acidentes com panelas”.