Jardim vertical ganha espaço nos lavabos

0
362
Jardim vertical projetado pela designer de interiores Jacqueline Ortega
Jardim vertical projetado pela designer de interiores Jacqueline Ortega
Profissionais mostram que é possível aliar natureza à vida urbana com jardim vertical até em locais improváveis, com bom gosto e sofisticação 

O jardim vertical é ótima opção para os lavabos, que estão ganhando mais atenção na decoração. Funcional e prático, agora o lavabo conta também com a estética a seu favor. Uma das maneiras atuais de tornar o lavabo mais charmoso e agradável é inserindo um pouco do frescor da natureza. Mas como fazer isso em um espaço tão pequeno? Os jardins verticais dão bons resultados.

A designer de interiores Jacqueline Ortega, em seu projeto para esta edição da mostra Morar Mais por Menos, que completa 10 anos, mostra que essa dobradinha lavado/jardim vertical dá liga. A profissional lançou mão de um painel de MDF e dispôs sobre ele várias samambaias em vasos meia lua. O resultado foi um ambiente leve e humanizado.

Além do impacto estético, o jardim vertical também ajuda a diminuir a sensação claustrofóbica que o ambiente pequeno pode causar nas pessoas, transmitindo calma e aconchego. Jacqueline conta o motivo de ter escolhido essa espécie de planta: “As samambaias suportam bem a sombra, a manutenção é fácil e também tem impacto visual deslumbrante devido ao seu tom verde vivo e volume das folhas”.

Iluminação

Para manter o jardim sempre bonito e a composição harmônica é preciso ficar de olho na iluminação. “A entrada de luz é importante para que ocorra a fotossíntese. No meu ambiente para a Morar Mais existe uma janela por onde passa luz natural que ilumina sem atingir diretamente a planta. Assim, ela não queima. Quanto à rega, pode ser feita de dois em dois dias mantendo o substrato levemente úmido”, ensina Jacqueline.

Para conferir cada detalhe do lavabo de Jacqueline Ortega e se inspirar, basta comparecer até 25 de setembro à Morar Mais Por Menos. A mostra está localizada na Praça Israel Pinheiro (Praça do Papa), 277, bairro Mangabeiras; e funciona de quarta a sexta, das 16h às 22h, aos sábados das 13h às 22h e aos domingos, das 13h às 19 horas.