Investir na rede hoteleira, uma das novas tendências do mercado

0
496

Onde, quando e em quê investir? Apesar de frequente, essa é uma pergunta para a qual nem sempre há respostas muito óbvias. Mas, como toda regra tem exceção, a hora é de ficar de olho nas tendências do mercado e no que dizem os especialistas. -“O momento é bom para investir em salas e também no setor hoteleiro”, afirma Ygor Teixeira, consultor imobiliário da Gribel, lembrando que a -“demanda hoteleira do vetor norte de Belo Horizonte cresce aceleradamente, à  taxa de 7% ao ano

E quando se fala nesse crescimento, ele não deve ser creditado somente à  Copa e à s Olimpíadas, -“mas a uma posição estratégica que a cidade vem ocupando nos últimos tempos, como polo do chamado turismo de negócios, que exige uma rede hoteleira moderna e com opções que privilegiem algo que vai além do simples ato de se hospedar”, explica Mauro Cotta Magalhães, também consultor imobiliário. Ou seja, hotéis, cada vez mais, são muito mais do que um simples pontos de hospedagem. N

Nessa leva, uma das opções é o Comfort Confins, o hotel que promete padrão internacional e ainda aposta em dois itens importantes, a proximidade com o Aeroporto Tancredo Neves, em Confins, e com o Polo industrial de Lagoa Santa. O empreendimento tanto promete atender hóspedes em turismo de negócios, políticos e executivos quanto de passageiros que tenham algum imprevisto causado por atrasos e cancelamentos de voos. Para isso, o complexo terá várias lojas de conveniência e serviços, além de uma infraestrutura local que pretende suprir também a busca por espaços para a realização de convenções e estacionamento na região.

Vale a pena checar o que o investimento promete. O Comfort Confins terá 280 quartos (serão 102.200 diárias disponíveis por ano); 1.200 m² de Centro de Convenções para exploração comercial, empresarial e eventos. (Com espaços múltiplos); Foyer (para a realização de eventos diversos); bar e restaurante abertos ao público; fitness com estrutura completa; 388 vagas estacionamento rotativo e coberto e 23 lojas, com mix comercial de serviços e conveniência variados

Quem adquirir uma ou mais unidades -” que serão entregues mobiliadas, decoradas e equipadas -” deve saber que os resultados provenientes do centro de convenções, restaurante e estacionamento também serão revertidos para a operação hoteleira, que funcionará em sistema de Pool, influenciando diretamente no sucesso do negócio. O hotel, conforme recomendado em pesquisa, será padrão midclass e terá bandeira Comfort: marca reconhecida mundialmente e pertencente à  Choice Hotels International, um dos maiores grupos neste segmento do mundo.

 A administração será feita pela operadora Atlântica Hotels International, que possui 76 empreendimentos em todo território nacional, entre eles o Quality e o Clarion, ambos em Belo Horizonte. Para a concepção deste importante projeto, a Construtora Caparaó uniu-se ao Grupo Partners e à  Jam Par, empresas respeitadas e conhecidas no mercado.

Vale, portanto, buscar a opinião de um especialista e ficar de olho no que o setor promete.