Ferramentas da internet ajudam na decoração da casa

0
686
Simulador de decoração é boa ferramenta para o design de interiores e ajuda na decoração da casa
Simulador de decoração é boa ferramenta para o design de interiores e ajuda na decoração da casa
Internet é aliada na hora de fazer a decoração da casa

Por Ana Clara Otoni

Quando o amarelo da parede revela os anos gastos da pintura, as manchas na estrutura e o quanto você está infeliz com aquele ambiente, é hora de pensar em dar uma repaginada nos cômodos de casa. Ferramentas inovadoras oferecidas gratuitamente na internet têm auxiliado quem pouco entende ou nada sabe sobre decoração e estilo.  É possível encontrar na rede uma gama de recursos para simular a troca da coloração e textura das paredes dos ambientes, encontrar um modo mais harmonioso de organizar os seus móveis e ainda montar plantas para pequenas reformas.

Para a arquiteta Flávia de Paula Soares esses recursos oferecem um resultado parcial do efeito final da transformação a ser promovida no espaço. “Essas ferramentas auxiliam bastante as pessoas a sentirem as cores e perceber o efeito final que uma mudança de cor pode causar”, afirma. A profissional alerta, porém, que essa consulta deve ser feita de forma informal. “Muitas vezes [os recursos] oferecem um resultado parcial, o que pode fazer com que as pessoas fiquem mais confusas”, orienta.

Flávia Soares lembra que esses simuladores não substituem a experiência de um profissional
Flávia Soares lembra que esses simuladores não substituem a experiência de um profissional

Segundo Flávia Soares,  apesar da grande inovação e dos bons resultados oferecidos por esses simuladores, eles não substituem a experiência, percepção e qualidade na elaboração de um projeto, como um arquiteto e design de interiores pode oferecer. “Somente um profissional qualificado pode oferecer o que realmente é necessário [para uma mudança em um cômodo], com a qualidade exigida pelo cliente”, defende.

Test-drive

O Portal e-Morar fez um test-drive dos recursos mais conhecidos e utilizados para a simulação de troca de pintura, textura e organização dos móveis oferecidos na rede. Confira o resultado e faça o seu próprio teste. Tenha paciência em relação a algumas ferramentas que demoram para carregar e oferecem recursos limitados e, algumas vezes, em outro idioma.

Suvinil: Permite alterar ambientes usando diferentes estilos de pintura e avaliando as combinações de acordo com o espaço do cômodo modificado. O catálogo de tintas Suvinil oferece opções para diversos estilos e gêneros de decoração. O sistema on-line permite experimentar efeitos decorativos e utilizar imagens reais da sua casa para as modificações.

O que vale: Não é preciso se registrar para usar a ferramenta. As fotos são carregadas rapidamente e há várias ferramentas disponíveis para simular as mudanças, como sugestões de móveis que podem ser arrastados para o ambiente.

Onde peca:  A ferramenta para trocar a cor e textura das paredes exige que o usuário faça a pintura em clique por clique – o que leva tempo e ainda deixa impressão de algo falso. Não há opção para pintar a parede inteira de uma só vez. Além disso, a escala dos móveis sugeridos nem sempre é compactua com a foto postada.

Dica: Ter mais de uma foto para testar no simulador em diferentes ângulos e escalas.
Coral: Há como escolher o tipo de cômodo a ser alterado, e, depois, o estilo de decoração a ser utilizado para começar a desenvolver o projeto. Após escolher a cor da tinta e adicioná-la ao cenário on-line, o usuário pode imprimir seu projeto.

O que vale: Não é preciso se registrar para testar a ferramenta e a infinidade de cores oferecidas é muito grande. Além disso, em apenas um clique é possível mudar a cor das paredes e móveis.

Onde peca: Não é possível baixar fotos, o que limita o usuário a escolher cenários pré-definidos. Com isso, pode ser que o cômodo não seja tão parecido com o real. Demora muito para carregar os projetos e faz tudo isso abrindo novos pop-ups.

Dica: Usar a ferramenta apenas para ter uma noção sobre o mix de cores dentro de um mesmo ambiente.

Alba : Ferramenta que permite subir fotos dos ambientes a serem remodelados e aplicar as combinações de cor escolhidas.

O que vale: As dicas sobre os aspectos a serem levados em conta ao fazer as escolhas. Além disso, o site permite arquivar os projetos trabalhados.

Onde peca: É preciso se cadastrar na página para fazer o uso e baixar um software no computador – que pesa cerca de 7,5 MB. O site é todo em espanhol.

Dica: Usar a versão mais simples da ferramenta, onde é possível visualizar as mudanças em imagens de cômodos já pré-elaboradas e imprimir as alterações feitas.

Autodesk Homestyler: Permite criar e projetar plantas fazendo com que o usuário possa explorar e experimentar diferentes marcas, estilos e cores.

O que vale: Não é preciso instalar nenhum software no computador. Dá para colocar nas plantas os cômodos, portas e móveis.  Sendo possível ainda visualizar o projeto em tecnologia 3D. A ferramenta ainda permite compartilhar os esboços com amigos, familiares e profissionais que podem dar dicas sobre a planta criada.

Onde peca: É preciso conhecer um pouco sobre arquitetura ou engenharia civil. Corre-se o risco de criar uma planta bonita, mas pouco funcional e insegura devido à falta de conhecimento técnico.

Dica:  Ferramenta pode ser uma boa opção para quem já tem a ideia do projeto em mente. A sugestão é desenvolver o esboço na plataforma e apresentá-la a um profissional que possa ajustá-la e torná-la real.

Colorín: Oferece um simulador de ambientes para troca de pintura  e textura das paredes.

O que vale: O uso da ferramenta é  livre e as cores são agrupadas por tonalidades. Permite subir uma foto de até 4MB e trabalhar sobre ela, além de ter opções de ambientes pré-definidos.

Onde peca: Demora muito para baixar a foto carregada, além de gastar muito tempo para processar o recurso aplicado no cômodo. Além disso, o site é todo em espanhol.

Dica: Usar a ferramenta direto no espaço a ser alterado apenas para perceber as mudanças na mixagem de cores e adequação dos objetos de decoração. Tirar um bom tempo para usar o aplicativo, já que ele é lento.

Decorador Virtual: Permite a visualização de fotos de diferentes cômodos para que o usuário possa alterar os espaços.

O que vale: Ferramenta útil para quem quer experimentar cores, texturas e remanejamentos nos  diferentes tipos de cômodos e fachadas.

Onde peca: Todos os ambientes são pré-definidos e o usuário não pode baixar seu próprio espaço no site, com isso, as possibilidades são reduzidas. Todo o site é em espanhol.

Dica: Ler as instruções de uso da ferramenta antes de iniciar as alterações.Tirar um bom tempo para usar o aplicativo, já que ele é lento.

Maison Decor: Oferece a possibilidade de trocar estilos e texturas de móveis em cômodos pré-ajustados.

O que vale: Fazer combinações de objetos de decoração como quadros e esculturas com os diferentes estilos de tecido nas poltronas, cortinas e bancos.

Onde peca: Os ambientes e móveis são pré-definidos e o usuário precisa encontrar um que se adapte ao seu perfil. O site é todo em espanhol.

Dica: Tentar encontrar objetos o mais próximo possível da realidade da sua casa. Exercício tal que levará tempo. Esteja preparado.