Estamparia floral está em alta na decoração

0
1035
Em voga, a estamparia floral da artista Kristjana S Williams faz parte do décor da casa
A chita é uma opção mais brasileira, popular e acessível da Estamparia floral

lilianA estamparia floral é uma boa aposta para decorar a casa com a chegada da Primavera. Vale a pena investir na tendência de estampas florais. 

Um ícone da estamparia floral  é a islandesa Kristjana S Williams,  que cria obras de arte marcantes com inspiração na natureza e nas cores vivas. Nascida na Islândia, a artista foi criada em uma paisagem cinza e austera, transmitindo, através de sua arte, exatamente o oposto, uma explosão de cores. 

A mistura de tons abertos e contrastantes está sendo usada nos papéis de parede e também nos tecidos que podem ser colados na parede, vistos nas capas de almofadas ou revestimentos de cadeiras e poltronas.

Tanto a estampa maxi-floral, bem tropical, quanto a bohemian style, com desenhos mais suaves e inspirados na natureza, estão em alta.

Em voga, a estamparia floral da artista Kristjana S Williams faz parte do décor da casa
Em voga, a estamparia floral da artista Kristjana S Williams faz parte do décor da casa

Já a designer Maija Isola criou a estampa floral Unikko, uma simbologia icônica, para a empresa finlandesa Marimekko após transgredir o veto da fundadora Armi Ratia. Na década de 1960, em plena era flower, Armi proibiu as estamparias florais, alegando que as flores deveriam ficar apenas na natureza. Mas, quando viu a estampa original da papoula vermelha criada por Maija, entendeu que uma flor impressa jamais poderia competir com a natureza. As flores são atemporais!

E, no aniversário de 50 anos da Marimekko, a Unikko também foi estampada em louças, bolsas, almofadas, guarda sóis.

Unikko significa papoula, em finlandês
Unikko significa papoula, em finlandês

A fusão entre o tecido e a arte é uma assinatura única da Marimekko. 

A característica da estamparia com flores, pontos e redemoinhos, mesclando o preto com o colorido, representa o melhor da natureza urbana.

O contraste do preto e branco com as cores revela uma atitude ousada
O contraste do preto e branco com as cores revela uma atitude ousada

Uma opção mais brasileira, popular e acessível é a chita, estamparia floral sobre um tecido conhecido como morim. Para quem não sabe, morim é um pano leve e fino usado para fazer queijomascarpone e tofu. Em algumas regiões do Brasil, o morim é conhecido como madrasto ou madrás. Se a estamparia não for feita no morim, não é chita.

A parede da sala de jantar é um patchwork feito com chita
A parede da sala de jantar é um patchwork feito com chita

A chita é um emblema da identidade nacional e suas características são as cores primárias e secundárias, em tons vivos. As cores fortes servem, não só para embelezar o tecido, mas também para disfarçar eventuais imperfeições.

No final da década de 1950, a indústria têxtil brasileira passou a fabricar chita com largura maior que ganhou o nome de chitão.

A padronagem estampada também pode ser usada para colorir o teto
A padronagem estampada também pode ser usada para colorir o teto

A estampa em preto e branco é um clássico, principalmente se tiver motivos florais ou geométricos. O poá e a listra também continuam em cena, trazendo um ar mais vintage ao décor.

A estampa em preto e branco valorizou ainda mais o móvel amarelo
A estampa em preto e branco valorizou ainda mais o móvel amarelo

A moda de estamparia homewear vai muito além de tendência! Os tecidos servem não só para contextualizar uma época, mas para trazer aconchego e encantar. E as flores, especialmente, não precisam de explicações!

Lilian Fajardo é arquiteta, urbanista e designer de interiores. Trabalha com projetos residenciais e comerciais.

Apresenta a coluna “Arquitetando” toda quinta-feira no programa “Revista BHNews” que começa às 17:30h, com reprise às 21:30h, na BHNEWS TV, canal 09 da NET ou pelo site www.bhnews.tv.br, em tempo real.

lfajardo.arq@gmail.com

www.lilianfajardo.blogspot.com.br

www.facebook.com/lilianfajardoarquitetura

@lilianfajardooficial

SHARE
Previous articleCondomínios em São Paulo buscam eficiência
Next articlePreços de imóveis caem 6,21% em 12 meses
Lilian Fajardo

Lilian Fajardo é arquiteta, urbanista e designer de interiores. Trabalha com projetos residenciais e comerciais. Apresenta a coluna Arquitetando toda quinta-feira no programa Revista BHNews que começa às 17:30h, com reprise às 21:30h, na BHNews TV, canal 09 da NET ou pelo site www.bhnews.tv.br, em tempo real.