Espelho: do funcional ao lúdico

0
601
Espelho em forma de gilete criado pelo designer Marco Dias Reis. Foto: Gustavo Xavier

Decoração reinventa os espelhos e propõe usos lúdicos para tornar os ambientes mais originais e criativos

O espelho sempre foi muito requisitado na decoração. Além de refletir a imagem das pessoas, também tem a função de trazer amplitude ao espaço. Um dos queridinhos do décor, este objeto tão tradicional está ampliando seu papel estético e propondo usos cada vez mais irreverentes que estão caindo no gosto das pessoas.

“Os espelhos estão adquirindo uma função parecida com as das obras de arte, pois estão sendo utilizados de acordo com seu valor decorativo e estético e não pelo aspecto funcional”, destacam designer de interiores Ana Karina Chaves e Klazina Norden.

Já para o designer de interiores e colunista do Portal emorar Marco Dias Reis, o espelho, quando usado de forma artística, não é tão expressivo como uma obra de arte, mas traz um ar encantador: “Os espelhos colocados de forma irreverente têm o objetivo de tornar o ambiente mais charmoso e diferenciado”, diz.

Marco cita alguns ambientes onde se pode lançar mão desse recurso: “Em locais de passagem, como o hall e no lavabo, cabe brincar com espelhos”. Klazina e Ana Karina completam: “O espelho de design diferenciado é um recurso decorativo para ambientes descolados e contemporâneos e dá a eles um toque de originalidade”.

Na mostra Morar Mais por Menos, que fica em cartaz em Belo Horizonte até o dia 30 de setembro, Marco Dias Reis lançou mão de vários recursos decorativos para demonstrar no quarto toda a personalidade marcante da dona do espaço e um desses recursos foi o espelho. “O espelho no formato de gilete foi um dos elementos que utilizei para conferir ao ambiente personalidade, despojamento e contemporaneidade”, comenta.

Espelho com aspecto quebrado criado pelas designers Klazina Norden e Ana Karina Chaves. Foto: Henrique Falci

Numa outra edição da mesma mostra, as Ana Karina e Klazina especificaram um espelho para exercer função decorativa do banheiro feminino e contam a experiência. “Utilizamos um espelho chamado Superstição. Ele foi feito de pedaços de espelho, dando a impressão de estar quebrado. Cai bem em decorações contemporâneas, descoladas e até mesmo ousadas. É uma peça marcante e bem bacana”.

Quem gostou dessa forma original de utilização dos espelhos também pode aproveitar os benefícios desse recurso, que confere personalidade e criatividade aos espaços. “Pode-se comprar esse tipo de espelho pronto em lojas de design ou encomendar em vidraçarias de desenho exclusivo”, lembra Marco.