Economia de água: como a arquitetura pode ajudar

0
506

À beira de uma crise hídrica, todos têm que fazer economia de água, tentar evitar o rodízio e o racionamento. Fernando Pimentel, governador de Minas Gerais, vai implementar medidas, como cobrar sobretaxa para quem ultrapassar a média do lilianano passado. Mas só isso não adianta! Se cada um fizer a sua parte, talvez o caos possa ser evitado. E a arquitetura, juntamente com a iniciativa de todos, é de grande utilidade.

O primeiro passo é pedir a um bombeiro que verifique se há vazamentos na residência. Talvez a torneira esteja gotejando ou o registro esteja vazando e a solução seja a troca do reparo.

Verifique se não há vazamentos em casa
Verifique se não há vazamentos em casa

Uma atitude simples é colocar arejadores nas torneiras, pois o ar mistura com a água e o volume é maior sem gastar tanto. Os arejadores têm um custo baixo e são adaptáveis na maioria dos modelos de torneiras.

Arejadores de torneiras ajudam na economia de água
Arejadores de torneiras ajudam na economia de água

A torneira com sensor também é uma boa opção, já que o tempo de funcionamento é limitado e não corre o risco de esquecê-la aberta.

Torneira com sensor
Torneira com sensor

Na escolha da bacia sanitária, opte pelo sistema de descarga Dual Flush, com dois fluxos de água, um para excreções líquidas e outro para sólidas, pois são mais inteligentes. A válvula de descarga comum libera mais água do que realmente é preciso.

Válvula de descarga com duplo acionamento
Válvula de descarga com duplo acionamento

Com relação ao chuveiro, também existe o controlador de vazão que pode ser acoplado em vários modelos de chuveiros, proporcionando excelente economia sem perder a qualidade do banho.

Controlador de vazão para chuveiro
Controlador de vazão para chuveiro

Para quem está construindo ou reformando, existe um sistema para aproveitamento de água da chuva, da descarga e da máquina de lavar roupa para limpar a área externa e regar o jardim, por exemplo. Reaproveitar a água do chuveiro e da pia são atitudes sustentáveis que fazem toda a diferença!

Em áreas externas, prefira os pisos que drenam a água pluvial, inclusive para evitar poças indesejáveis.

Controlador de vazão para chuveiro
Piso Drenante

O sistema biodigestor também é interessante, pois trata a água do esgoto e a devolve ao meio ambiente para ser reutilizada.

A conscientização ecológica, de um modo geral, se resume em fechar a torneira enquanto estiver escovando os dentes, tomando banho ou lavando as louças; acumular o máximo de roupas antes de usar a máquina; lavar o carro com balde de água ao invés de mangueira; não jogar lixo na rua para evitar o entupimento das redes de esgoto e, consequentemente, inundações. Enfim, dicas básicas que nem todo mundo coloca em prática!

O bolso também agradece, já que a maioria das concessionárias de água cobra na entrada do hidrômetro e na saída para o esgoto. Isso significa que um litro economizado é economia dobrada!

Se a população não economizar, o racionamento pode ser coletivo
Se a população não economizar, o racionamento pode ser coletivo

Esta é a tendência do momento e o planeta espera que ela seja seguida. Água, se não economizar, vai faltar! Mesmo. Como dizem por aí, água da chuva é dinheiro que cai do céu.

Lilian Fajardo é arquiteta e designer de interiores, trabalha com projetos residenciais e comerciais.

Apresenta a coluna “Arquitetando” toda quinta-feira às 17:45h, no último bloco do programa “Revista BHNews”, com reprise às 21:30h, na BHNEWS TV, canal 09 (NET), canal 29 (UHF) ou pelo site www.bhnews.tv.br, em tempo real.

(31) 3227-8647 / 9968-8647.

lfajardo.arq@gmail.com

www.lilianfajardo.blogspot.com.br

www.facebook.com/lilianfajardoarquitetura