Mármore: descubra qual usar na sala de jantar

0
591
Projeto de Izabela Dinelli: Na parede a arquiteta especificou o mármore Crema Marfil. No piso, o mármore escolhido foi o Silvec. A união desses dois tipos de mármore acrescentou ainda requinte à sala de jantar
Projeto de Izabela Dinelli: Na parede a arquiteta especificou o mármore Crema Marfil. No piso, o mármore escolhido foi o Silvec. A união desses dois tipos de mármore acrescentou ainda requinte à sala de jantar
Quem não se rende ao encanto de uma bela e imponente sala de jantar? Alguns elementos, como o mármore, enfatizam o luxo e poder desse espaço, tornando os momentos à mesa mais inesquecíveis

O mármore é escolha fundamental numa sala de jantar.  Este local da casa exerce importante função nas relações sociais e familiares. Nesse ambiente são celebradas datas e reuniões especiais. A partir do século XVIII, quando a sala de jantar deixa de ser um item exclusivo à realeza e passa a fazer parte dos lares da classe média e burguesa, esse espaço começa a representar a cultura e seu poder.

Até hoje esse ambiente é sinônimo de luxo e de tradição. Além disso, mostra a união da família que se reúne para as refeições e também para estreitar os laços. O luxo exibido pela maioria das salas de jantar das famílias mais tradicionais é conferido pela escolha de materiais e revestimentos nobres. O mármore é um dos elementos que mais confere sofisticação e beleza a esse espaço tão significativo do lar.

“O mármore agrega exclusividade, personalidade e elegância ao ambiente. Além disso, é uma pedra que possui acabamento perfeito. Para quem quer ousar sem abrir mão do luxo, é o tipo de pedra ideal”, salienta o comerciante de mármores Marcelo Milagre.

Marcelo indica quais mármores são mais utilizados na sala de jantar: “Oriundo da Grécia, o Sivec cai muito bem nesse espaço. Na tonalidade branco puro e com granolometria fina, essa pedra é muito requintada. Outro mármore muito especificado por profissionais de decoração e arquitetura é o Crema Marfil. De origem espanhola, ele possui coloração clara e traz a sensação de aconchego”.

Destaque

A arquiteta Izabela Dinelli concorda com Marcelo. Ela inclusive já especificou esses dois tipos de mármores para um de seus projetos de sala de jantar: “Lancei mão do Sivec, pois a tonalidade da pedra me permitiu ousar nos adornos, almofadas coloridas, móveis modernos e também peças antigas. Já o Crema Marfil deu um maior destaque a parede proporcionando ainda mais requinte ao ambiente”.

A profissional destaca o que para ela foi um grande diferencial do mármore no projeto: “A pedra se tornou o centro das atenções da sala de jantar, mesmo assim, não brilhou sozinha. Ela conseguiu se conectar com o restante da decoração, isso trouxe harmonia ao espaço”.

Os mármores Sivec e Crema Marfil podem ser especificados em pisos, paredes, bancadas, móveis e outros.

Leia mais sobre mármores.