Decoração cria despensas funcionais para as cozinhas

0
804
Gaveteiros inseridos em armários de pouca profundidade deixam a despensa mais organizada

Proveniente do francês lardon, em português bacon, a despensa era o local onde se conservava carne. De acordo com o escritor americano Bill Bryson, apenas no século XIX essa repartição passou a ser utilizada como local para armazenar alimentos em geral. A partir daí, a despensa se tornou sinônimo de funcionalidade. Funcionalidade sem nenhuma beleza, afinal, um lugar destinado ao armazenamento de comida facilmente ganhou fama de feio e desorganizado.

Mas como praticidade e estética precisam andar juntas para que o lar esteja em plena harmonia, a arquitetura e decoração propõe soluções para otimizar e trazer graça a esse componente tão importante da cozinha. “Uma despensa bonita e funcional deve ser balizada nas características do local que será inserida. Deve-se analisar ainda a quantidade de pessoas que compõem o núcleo familiar da casa para saber o espaço ideal e o tipo mais indicado, aramadas ou tradicionais”, esclarece a arquiteta Renata Basques.

De fato, é imprescindível conhecer o cotidiano e hábitos das pessoas que irão utilizar a cozinha na hora de projetar a despensa. Renata acrescenta: “Outro fator importante é pensar na logística de quem faz as compras. Muita gente mora em condomínio fechados, onde não há estabelecimentos comerciais próximos para a realização das compras. Por isso, é interessante projetar uma despensa maior para armazenamento de mais mantimentos, assim pode-se ir às compras com menor frequência”.

O mercado também oferece várias opções para esse móvel. Há, inclusive, projetos sob medida. “Existe a opção de desenvolver, junto com o profissional da área, desenhos   bastante interessantes para a cozinha. Assim, dá para deixar esse ambiente ‘limpo’ e bonito”, conta a arquiteta.

Novidade é que não faltam nesse setor. Com criatividade dá para planejar despensas práticas, organizadas e engenhosas. “Tem modelos variados, por exemplo, aramados com medidas especiais. E a grande vantagem é que o cliente pode recorrer a despensas com gaveteiros, estes podem ser inseridos em armários com pouca profundidade”, afirma Renata.