Crédito imobiliário da CAIXA cresce 25,7% em 2014

0
298
Unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio de Janeiro. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O crédito imobiliário da CAIXA financiou 389,2 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio de Janeiro. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A carteira de crédito Imobiliário da Caixa Econômica Federal fechou o ano de 2014 com saldo de R$ 339,8 bilhões, alta de 25,7% quando comparado a 2013. As contratações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SPBE) representaram R$ 79,4 bilhões,  alta de 13,3% em comparação ao mesmo período de 2013.

As operações que utilizam recursos do FGTS, incluindo subsídios, totalizaram R$ 40,9 bilhões no período e as com outros recursos, R$ 8,5 bilhões.

Unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida no Rio de Janeiro. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Em 2014, o crédito imobiliário da CAIXA financiou 389,2 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Somente no Programa Minha Casa Minha Vida foram contratados R$ 35,9 bilhões no período, no total de 389,2 mil unidades habitacionais. Desse valor, 35,6% foram destinados à Faixa 1 do Programa, que atende aos beneficiários com renda de até R$ 1,6 mil.

A CAIXA permaneceu na liderança do crédito imobiliário com 67,7% de participação no mercado, com uma carteira que alcançou saldo de R$ 339,8 bilhões, aumento de 25,7% em 12 meses.

Saneamento e infraestrutura

De janeiro a dezembro de 2014, foram contratados R$ 33,3 bilhões em operações de saneamento e infraestrutura, sendo R$ 7,1 bilhões em saneamento básico; R$ 8,5 bilhões em financiamentos de energia e logística; R$ 4,8 bilhões em operações de mobilidade urbana; R$ 5,9 bilhões em infraestrutura urbana; R$ 5,3 bilhões em construção naval e R$ 1,7 bilhão em multisetorial.

A carteira de infraestrutura do banco público apresentou saldo de R$ 56,7 bilhões, aumento de 52,8% em relação a dezembro de 2013, correspondendo a 9,4% do crédito total.

 O crédito rural da CAIXA contratou R$ 5 bilhões  até dezembro de 2014, aproximadamente R$ 3 bilhões a mais do que o registrado no mesmo período do ano anterior. O saldo da carteira somou R$ 4,9 bilhões.

Leia mais sobre crédito imobiliário.