Cooktop: a cereja do bolo das cozinhas

0
1222
Além da beleza, a designer Iara Santos destaca a segurança do cooktop como o grande diferencial do eletrodoméstico.Foto: Daniel Mansur
Além da beleza, a designer Iara Santos destaca a segurança do cooktop como o grande diferencial do eletrodoméstico.Foto: Daniel Mansur

Não se pode negar: o cooktop torna a cozinha mais charmosa e convidativa. A estética, no entanto, não é o único atrativo. Profissionais falam das vantagens e dão dicas de como usufruir melhor desse eletrodoméstico

O cooktop chegou e foi logo mostrando a que veio. Não demorou para que se tornasse tendência nas cozinhas. Esse eletrodoméstico já conquistou muita gente. Primeiro pela estética, que agrega um ar moderno e bonito ao ambiente, segundo pelo fato de apresentar facilidade na hora da limpeza de sua superfície, disponível em vidro ou inox.

Além da beleza, a designer Iara Santos destaca a segurança do cooktop como o grande diferencial do eletrodoméstico.Foto: Daniel Mansur
Além da beleza, a designer Iara Santos destaca a segurança do cooktop como o grande diferencial do eletrodoméstico.Foto: Daniel Mansur

Além dessas vantagens há outras duas bem importantes. “Diferente dos fogões, os botões do cooktop são mais difíceis de serem ligados pelas crianças. Outro ponto positivo é que se a chama apagar por qualquer motivo, esse eletrodoméstico possui um sistema que bloqueia a saída de gás, evitando acidentes. Ou seja, além do design mais clean e moderno, o cooktop é mais seguro”, destaca a designer de interiores Iara Santos.

Em relação ao funcionamento, o cooktop pode ser a gás, elétrico ou por indução. “Os modelos a gás precisam de instalação e possuem ainda visual mais pesado. Já os modelos elétricos e por indução apresentam um visual mais limpo, já que possuem a superfície lisa e não têm a saída de chamas. Os modelos por indução magnética, apesar de serem mais seguros, exigem panelas especiais para seu funcionamento”, explicam as arquitetas Luciana Araújo e Nathália Otoni.

As cozinhas com cooktop precisam de uma bancada resistente. Foto: Rafael Carrieri
As cozinhas com cooktop precisam de uma bancada resistente. Foto: Rafael Carrieri

Além das diversas vantagens citadas, as profissionais acrescentam mais um predicado do cooktop. “Como não está vinculado ao forno, esse eletrodoméstico permite maior versatilidade no projeto da cozinha, tornando, inclusive, a posição do forno mais acessível e alto”, contam.

os cooktops tem design mais limpo que os fogões tradicionais e deixam a cozinha com visual mais moderno e bonito. Foto: Rodrigo Marcadier
os cooktops tem design mais limpo que os fogões tradicionais e deixam a cozinha com visual mais moderno e bonito. Foto: Rodrigo Marcadier

Mas será que toda cozinha pode receber um aparelho assim? “Todas as cozinhas aceitam o cooktop, desde que tenham um nicho específico para ele”, afirmam as profissionais. Esse nicho deve possuir uma bancada para que o eletrodoméstico possa ser fixado. “Ao escolher o cooktop para a cozinha é importante ser cuidadoso para decidir a bancada sobre o qual ele será encaixado. As bancadas de pedras naturais são as mais indicadas por serem resistentes ao calor e fáceis de desengordurar”, ensina Fátima Baracho, proprietária de uma loja de pedras.

Com tantos benefícios aliados à estética mais clean e moderna é difícil resistir ao cooktop. Dá para entender o motivo de ele ter se tornado tão rápido o queridinho das cozinhas.