Construir e reformar: venda de materiais cresce 5% em maio

0
386
A indústria de materiais de construção prevê uma queda de 2% nas vendas para este ano
A indústria de materiais de construção prevê uma queda de 2% nas vendas para este ano

As vendas de materiais para construir e reformar cresceram 5% em maio o comparativo com abril,  de acordo com pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT). Porém, com relação a maio do ano passado, houve queda de 5,8%, enquanto o acumulado a partir de janeiro apresentou queda de 2,8%. Já em relação aos últimos 12 meses houve crescimento de 0,4%.

Construir e reformar. As vendas de materiais de construção cresceram 5% em maio, segundo a ABRAMAT

“Os agentes econômicos, famílias e empresários, ainda mantêm expectativas que afetam suas decisões de investimento e reformas das moradias. Esperamos um mercado mais forte no segundo semestre em função de uma melhor percepção de índices macroeconômicos como inflação e níveis de emprego, bem como de um melhor conhecimento dos programas econômicos dos candidatos às próximas eleições”, afirma o presidente da ABRAMAT, Walter Cover.

O executivo acrescentou ainda que espera novas medidas de incentivo para a indústria. “Acreditamos numa recuperação nos segmentos do varejo e imobiliário a partir de julho e manteremos a previsão de crescimento de 3% no ano. Faremos uma nova reavaliação em agosto”, complementa Cover.

Segundo a ABRAMAT, os empregos na indústria tiveram um crescimento de 3,8% em relação a maio de 2013. Já em relação ao mês anterior houve queda de 1,9%.

Criada em abril de 2004, a ABRAMAT acompanha o crescimento da Construção Civil no país. A entidade conta atualmente com 50 empresas filiadas, que são as líderes na fabricação de materiais de construção dos diversos segmentos.