Construção e reforma terão mais R$ 7 bilhões

0
269
O crédito para construção, reforma e ampliação de imóveis residenciais será concedido por meio do cartão Construcard
O crédito para construção, reforma e ampliação de imóveis residenciais será concedido por meio do cartão Construcard
Medida da Caixa deve beneficiar mais de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil para setores de construção e reforma

A CAIXA vai disponibilizar R$ 7 bilhões para construção, reforma e ampliação de imóveis residenciais até o fim de 2017. O crédito será concedido por meio do cartão Construcard.  A medida deve beneficiar mais de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil.

O presidente da CAIXA, Gilberto Occhi, enumerou medidas recentes do banco para contribuir com a recuperação da economia, como a redução da taxa de juros e o aumento do percentual de financiamento no crédito imobiliário. “Voltamos aqui para dar outra demonstração de oportunidade de acesso ao crédito. Dessa maneira, a CAIXA dá a sua parcela para a melhoria do país”, destacou.

Valter Cover, presidente da Associação da Indústria de Material da Construção Civil (Abramat), lembrou que metade do faturamento do setor vem de reformas e ampliações em imóveis. “O Construcard vai injetar uma dose de confiança muito importante para nós”, afirmou. Ele ressaltou que as compras no cartão geram, automaticamente, nota fiscal, inibindo a sonegação e contribuindo para melhoria da arrecadação dos entes federativos. “Vamos ter um 2017 de retomada da construção”, disse.

Na cerimônia, a CAIXA ainda assinou convênio com a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), que representa 140 mil lojas no Brasil. Para ajudar na retomada do crescimento no setor, serão oferecidos produtos e serviços em condições especiais para lojas de materiais de construção. “Amanhã, 80 mil lojas já vão poder estar usando o Construcard. Os valores [7 bilhões] são bastante expressivos”, comemorou Cláudio Conz, presidente da Anamaco.

Como utilizar

O cartão Construcard pode ser utilizado na compra de qualquer tipo de material de construção, do básico ao acabamento, incluindo tijolos, cimento, pisos, revestimentos, louças, armários embutidos e piscinas. Em sua nova versão, o cartão também poderá ser usado para compra de equipamentos que ajudam a preservar o meio ambiente e os recursos naturais, como sistemas de reutilização de água, fossas ecológicas, aquecedores solares e aerogeradores.

O cliente conta com prazo de dois a seis meses para comprar tudo o que precisar. Durante esse período, ele paga somente os juros dos valores que utilizar, podendo pagar o financiamento em um prazo de até 240 meses.  O valor médio dos financiamentos é de R$ 14 mil, e o limite varia de acordo com a capacidade de pagamento do cliente, não havendo valor máximo.

O financiamento pode ser contratado em qualquer agência da CAIXA. O cliente agora recebe o Construcard no momento da contratação e já pode realizar suas compras.  Além disso, recebe mensagens via SMS com informações sobre as compras e o seu saldo disponível. O cliente também pode baixar em seu telefone um aplicativo para consultas e realização de bloqueio e desbloqueio do cartão.