Consórcios de imóveis voltam a crescer

0
292
O número de consórcios de imóveis começou a aumentar no segundo semestre do ano
O número de consórcios de imóveis começou a aumentar no segundo semestre do ano

No primeiro semestre deste ano, a media mensal de consórcios de imóveis foi de 13 mil novas cotas. De julho a outubro, o número de vendas do setor já atingiu 15 mil, de acordo com dados a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). Segundo a associação, os números sinalizam uma recuperação do setor depois de meses de queda nos negócios.

O número de consórcios de imóveis começou a aumentar no segundo semestre do ano

Segundo a Abac, o fraco desempenho dos negócios se deveu ao menor número de dias úteis e a Copa do Mundo no Brasil. Agora, de forma gradativa, o total de participantes vem crescendo em relação ao ano passado. O número médio de negócios fechados começou a crescer.

Paralelamente a esse crescimento, de janeiro a outubro, mais de 3 mil consorciados-trabalhadores usaram quase R$ 80 milhões de suas contas do FGTS em cotas de consórcios de imóveis.  Somente em outubro foram 705 mil consorciados ativos, contra 692 mil no mesmo mês de 2024.

Em contrapartida, de janeiro a outubro deste ano, o valor em Reais de crédito para novas cotas de consórcios de imóveis diminuiu 7,1% em relação ao mesmo periodo de 2013. Neste ano foram R$ 15,7 bilhões contra  R$ 16,9 bilhões em 2013.

Para o presidente-executivo da ABAC, Paulo Roberto Rossi, “apesar de ainda vivenciarmos as consequências das retrações em vários indicadores, por conta das conhecidas razões anteriores e durante a Copa do Mundo, constatamos que a normalidade dos negócios, assinalada nos últimos três meses, já aponta crescimento sustentável e até recordes. Ficou claro ainda que os consumidores preferiram aguardar para aderir aos consórcios. Eles têm, em muitas oportunidades, decidido por avaliar custos e adotar o consumo consciente e responsável depois de análises e comparações, apoiado em planejamento pessoal ou familiar”.