Confiança da construção civil cresce em Minas

0
164
A confiança da construção civil, medida pelo Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) de maio avançou 2,1 pontos. Foto: Banco de Dados/Sinduscon-MG
A confiança da construção civil, medida pelo Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) de maio avançou 2,1 pontos. Foto: Banco de Dados/Sinduscon-MG
O índice de confiança da construção civil registrou 49,2 pontos no estado

A confiança da construção civil, medida pelo Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) de maio avançou 2,1 pontos em relação a abril, registrando 49,2 pontos. Apesar de permanecer abaixo dos 50 pontos – número que indica falta de confiança – foi o melhor resultado para o mês de maio dos últimos quatro anos. Nos cinco primeiros meses de 2017, o indicador acumulou aumento de 5,7 pontos.

A elevação do Iceicon-MG foi justificada especialmente pela melhora do indicador de condições atuais de negócio, que apresentou incremento de 4,6 pontos na passagem de abril (38,8 pontos) para maio (43,4 pontos). Aumento significativo, de 25,3 pontos, foi observado na comparação com o mesmo período do ano passado (18,1 pontos). Entretanto, o índice continua sinalizando o descontentamento dos empresários do setor com as condições atuais de negócio, ao permanecer abaixo da linha divisória dos 50 pontos.

Segundo o economista e coordenador do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Daniel Furletti, é importante ressaltar que estes dados foram levantados antes da recente turbulência nacional. “Nos próximos meses é que iremos saber, por meio de novas pesquisas, como os últimos acontecimentos impactaram a confiança do empresariado”, comenta.

O indicador de expectativas, outro componente do Iceicon-MG, ficou relativamente estável em relação ao mês anterior (51,3 pontos), registrando 52,1 pontos em maio. Desde o primeiro mês do ano, o índice situa-se acima dos 50 pontos, indicando que os empresários do setor da Construção em Minas estão confiantes. Na comparação com maio de 2016, o indicador cresceu 14,6 pontos.

Iceicon-MG

O índice é elaborado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) em conjunto com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG). Entre os dias 2 e 12 de maio foram ouvidos 47 empresas do setor da Construção no Estado.