Condomínios: ações judiciais diminuem 14% em São Paulo

0
215
A inadimplência em condomínios da capital paulista cresceu 21,15% em abril
A inadimplência em condomínios da capital paulista cresceu 21,15% em abril

O levantamento realizado mensalmente pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) nos fóruns da cidade de São Paulo mostra que, em outubro deste ano, o número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa condominial caiu 14,3%. Segundo a pesquisa, em outubro, foram ajuizadas 808 ações de cobrança na capital paulista, contra 943 casos no mês anterior.

Em outubro foram ajuizadas 808 ações de condomínios na capital paulista
Em outubro foram ajuizadas 808 ações de condomínios na capital paulista

Na comparação com outubro de 2012 (837 registros), a queda foi de 3,5%. No acumulado dos dez primeiros meses, houve queda de 6%. De janeiro a outubro, foram protocoladas 8.402 ações, diante de 8.939 registradas no mesmo período de 2012.

Conforme explica Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato, dentre os fatores que contribuíram para reduzir as pendências, estão os acordos extrajudiciais, que surtem efeito na maioria das vezes.

“Os inadimplentes preferem negociar e pagar parcelado”, afirma o dirigente, acrescentando que, para o condomínio, é melhor receber parcelado do que esperar anos por um resultado na Justiça. “Os síndicos precisam continuar reforçando a cobrança”, aconselha Hubert.

Fonte: Secovi-SP.