Como valorizar seu imóvel antes de alugar

0
250
A pintura é uma das formas de como valorizar seu imóvel antes de alugar. Foto: Pixabay.com
A pintura é uma das formas de como valorizar seu imóvel antes de alugar. Foto: Pixabay.com
Saiba dicas de como valorizar seu imóvel antes de oferecer para aluguel  

Você sabe como valorizar seu imóvel antes de colocá-lo para alugar? Ter um imóvel traz inúmeros benefícios. Além de ser um investimento seguro e uma garantia para o futuro da sua família, a propriedade pode ser fonte de renda passiva por meio do aluguel. É uma forma de ganhar dinheiro sem precisar se desfazer do bem. Para que o negócio valha a pena, no entanto, é preciso que a propriedade esteja de acordo com o valor exigido pelo proprietário. Nesse sentido, o proprietário que quer colocar imóveis para alugar deve tomar algumas atitudes para valorizar o imóvel antes de disponibilizá-lo para locação.

Para que você entenda a importância de que alguns reparos e melhorias podem fazer no valor do aluguel, preparamos esse post com os principais mudanças que influenciam na avaliação em até 30%! Quer saber mais como valorizar seu imóvel? Continue a leitura.

1 – Pintura renovada

Melhorar a pintura de um imóvel é uma atitude que faz grande diferença na hora de disponibilizar o imóvel para locação. Além de custar pouco, se comparada a outras melhorias, a renovação da pintura causa grande impacto na primeira visita do interessado em casas para alugar em Curitiba.

Um locatário que procura apartamentos para alugar dificilmente consegue vislumbrar um futuro em uma casa ou apartamento com paredes descascadas, furos de preços e marcas de quadros.

O mesmo acontece se a pintura estiver desbotada ou manchada, ainda que seja recente.

Se esse é o caso do seu imóvel, providencie a pintura e procure apostar em tons claros e neutros para não afugentar os interessados. O ideal é contratar um profissional para a execução do serviço, mas com cuidado e capricho é possível que você mesmo consiga melhorar a aparência das paredes.

Se a sua propriedade é uma casa, atente-se, também, para a pintura da fachada. Se ela estiver “vencida”, pode passar a impressão de desleixo com o restante da casa. Existem construções que parecem ter sofrido infiltração e ação de fungos, quando, na verdade, só precisavam de algumas demãos de tinta.

2 – Piso trocado

Outro fator crucial para que o imóvel passe uma boa impressão é um piso em bom estado e de qualidade. Por isso, antes de colocá-lo à disposição, analise o revestimento de toda a casa.

Tacos faltando, pisos rachados e vinílico descolando podem fazer o interessado desistir na primeira visita. Além de causar a impressão de imóvel que não passou pelas manutenções mais básicas, o possível locatário pode acabar não querendo arcar com as melhorias no imóvel.

Se você percebeu essas características, providencie a troca do piso. O tipo de maior durabilidade e o mais valorizado é o de madeira, que fica bonito e é fácil de limpar. Entretanto, essa é uma opção mais onerosa.

Entre as alternativas mais acessíveis estão o piso laminado, também conhecido com tapete de madeira. É um piso que custa pouco e que também é fácil de manter limpo e bem conservado.

Também é vantajoso olhar as opções de pisos vinílicos, que são silenciosos e ideais para apartamentos. Para quem não abre mão de durabilidade, é bom apostar no porcelanato, que confere um ar de limpeza e de casa arejada.

Não deixe de escolher um piso neutro e que combine com qualquer decoração que o locatário escolher, por isso, não convém ousar nessa hora.

3 – Decoração neutra

Se o seu imóvel será locado mobiliado, fique atento à decoração e às cores predominantes no ambiente.

É importante que a casa ou o apartamento tenham decoração em tons claros e neutros, que favorecem na amplitude dos ambientes e ajudam o interessado a imaginar seus objetos na casa.

Tons muito vivos nas paredes ou na mobília podem fazer com que os locatários em potencial passem para a próxima opção, fazendo com que seu imóvel fique parado por mais tempo.

A dica, nesse caso, é retirar do imóvel qualquer objeto ou mobília que sejam muito conceituais ou ousados. O mesmo vale para quadros e objetos decorativos, que devem primar pelo estilo clássico.

É importante que o visitante enxergue a ele mesmo e a sua família morando naquela propriedade, por isso, mantenha a neutralidade.

4 – Móveis planejados

Investir em móveis planejados pode fazer você recuar no início, mas eles são um grande diferencial na locação.

Os móveis planejados para os cômodos valorizam os ambientes e são funcionais, evitando que o locatário precise investir em armários ou guarda-roupas, por exemplo.

Outra vantagem desses móveis é que eles otimizam os ambientes pequenos, ajudando na disposição dos objetos do locatário. É importante, inclusive, destacar essa característica do imóvel na hora de negociar com o interessado.

4 – Danos reparados

Ter um imóvel que passou manutenção preventiva aparente aumenta as chances de locação. Por isso, é muito importante que o proprietário repare danos e agilize alguns consertos na casa.

Faça uma vistoria minuciosa e completa, assegurando-se de que não há janelas quebradas, madeiras lascadas ou pinturas muito antigas. É importante, também, verificar se não existem sinais de infiltração na construção, defeito que causa grande repulsa.

Outro detalhe que passam despercebidos são problemas nas fechaduras e maçanetas, que inevitavelmente obrigam que o locatário precise investir ainda mais na propriedade.

Não se esqueça, também, de pedir a um profissional que avalie as partes elétricas e hidráulicas da casa. Se elas não estiverem em bom estado, é essencial que o proprietário providencie o conserto.

Problemas dessa natureza podem comprometer a segurança dos moradores e ainda exigir grandes gastos futuros.

Um locatário quer visitar um imóvel que não compreenda gastos imediatos, ou seja, que esteja em bom estado de habitabilidade. 

Se sua propriedade está com algum desses defeitos, providencie o reparo e evite que o interessado utilize essas características para barganhar no preço exigido por você ou pela imobiliária.

Manter seu imóvel em boas condições, além de atrair mais interessados e agilizar o fechamento do negócio, ajuda a valorizar o preço do aluguel. É importante que o proprietário não veja esses gastos como perda de dinheiro, mas como um investimento em um bem durável.

Agora que você entendeu qual a importância dessas atitudes na valorização do seu imóvel antes de colocá-lo para aluguel, aproveite para assinar nossa newsletter e receber conteúdos como esse diretamente em seu e-mail!