Closet também pode agradar a homens

0
856
Neste closet, projetado para um jovem empresário, a funcionalidade é o grande destaque. Na gaveta que fica na parte de baixo do armário encontra-se os calçados do cliente que pode abri-la com o próprio pé se quiser. Sapatos e calçados ficam em locais separados no armário. Foto: Gustavo Xavier
Neste closet, projetado para um jovem empresário, a funcionalidade é o grande destaque. Na gaveta que fica na parte de baixo do armário encontra-se os calçados do cliente que pode abri-la com o próprio pé se quiser. Sapatos e calçados ficam em locais separados no armário. Foto: Gustavo Xavier
Não importa o sexo! Para quem busca organização e praticidade, o closet é boa pedida 

O closet é o sonho de consumo de quase toda mulher. Por isso mesmo, acaba ganhando uma conotação feminina. Mas esse espaço também pode ser muito útil para os homens, já que facilita a escolhas das roupas e torna tudo mais organizado e funcional. Por causa dessa facilidade eles têm se rendido a esse item.

“Hoje em dia, os homens também estão vaidosos e gostam de ter roupas, sapatos, bijuterias, joias e perfumes. Para acomodar tudo isso de forma organizada e prática é necessário um lugar especial. Assim, começa a surgir uma demanda maior pelos closets masculinos”, observa o arquiteto e designer de interiores Cioli Stancioli.

Além de estarem mais vaidosos, o arquiteto Júnior Piacesi acredita que o closet masculino tenha ganhado força por causa do estilo de vida do homem atual. “Os homens, assim como as mulheres, buscam funcionalidade. Ter um espaço bem estruturado, dividido e organizado faz com que esse homem moderno, que vive na correria do dia a dia, ganhe tempo ao se vestir”, destaca Piacesi.

Neste closet os compartimentos dos armários foram todos muito bem medidos para abrigar tudo o que o morador possuia. Um projeto sob medida. Foto: Osvaldo Castro
Neste closet os compartimentos dos armários foram todos muito bem medidos para abrigar tudo o que o morador possuia. Um projeto sob medida. Foto: Osvaldo Castro

Para Cioli, a principal diferença entre o closet feminino e o masculino está na quantidade de itens. “Somos comedidos para determinados produtos sem tê-los em excesso ou quantidades exageradas. Já as mulheres, gostam de ter mais itens e opções”, conta. Ele ainda destaca alguns pontos que são primordiais: “Acho que acabamentos dos materiais, texturas e cores que, de fato, tragam traços masculinos para esse tipo de mobiliário é essencial”.

Piacesi finaliza com dicas para quem vai lançar mão do closet: “Não basta simplesmente colocar prateleiras nesse local. É preciso fazer um revestimento no fundo delas para que a pintura não solte um pó que pode sujar as roupas. O uso de espelho é importante para dar sensação de amplitude e profundidade. Lâmpadas que não esquentem tanto o espaço também são bem-vindas”.