Raio-X da capital mineira – Região Nordeste: comércio forte, obras e fé

0
1142
Obras do BRT na avenida Cristiano Machado, no bairro Cidade Nova

Gustavo Lameira

Cenário da Região Nordeste da capital mineira tem cenário favorável de desenvolvimento

Setenta e três bairros formam a região nordeste de Belo Horizonte. Conforme o Censo do IBGE (2010), 291.110 pessoas habitam seus 39,58 km². Com administração regional desde 1992, a região será das mais beneficiadas pós-Copa do Mundo, apesar do presente transtorno causado pelas obras.

Região Nordeste é sinônimo de valorização
O corretor de imóveis Geraldo Mendes diz que a Região do Cidade Nova é sinônimo de valorização

Para o setor imobiliário, o cenário é favorável. “A Linha Verde (construída para diminuir o tempo de deslocamento entre a capital e o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na RMBH) e a mudança da sede administrativa do Governo de Minas para o vetor norte da capital, trouxeram para a região construtoras que só atuavam na zona sul da cidade”, explica o corretor Geraldo Mendes, 37 anos. “E o Cidade Nova”, continua “é o nosso cartão de visita”.

De característica familiar, o bairro conta com pequeno comércio nas vias secundárias; e ao longo da Avenida Cristiano Machado, hipermercados, restaurantes, rede bancária, que atraem, cada vez mais, investimentos para as imediações. A expressão “Na região do Cidade Nova”, segundo Geraldo, mais que referência geográfica é sinônimo de valorização.

Divisão

Comercialmente falando, a região subdivide-se da seguinte forma: Cidade Nova, Silveira e parte do União, os bairros principais; Palmares, Fernão Dias, Ipiranga, os intermediários; São Gabriel, Ribeiro de Abreu e Concórdia, os periféricos. De acordo com pesquisa realizada pela CMI/Secovi-MG, julho/2012, e consulta feita a uma imobiliária da região (Casa Sartori), o aluguel de um apartamento de três quartos e duas vagas de garagem custaria em média R$ 2.500, 1.500 e 800 respectivamente. A Avenida Alberto Cintra, no bairro União, também tem chamado atenção das imobiliárias, mas pelo lado comercial. “Anunciamos um prédio com 96 salas, sete lojas no térreo e já temos 95% do empreendimento reservado. E ainda estamos na fase de terraplenagem”, comemora Geraldo.

A jornalista Dayane Lima, 29 anos, mora no Fernão Dias, com o marido e a filha. O bairro está entre os preferidos da região pelos recém-casados. No condomínio de Dayane, de três andares e 18 apartamentos, a maioria das famílias é parecida com a dela. “Estamos aqui há dois anos e meio. Escolhemos o bairro pela proximidade com o centro e pelo valor custo/benefício. Mas ainda faltam linhas de ônibus exclusivas, comércio e, por consequência, segurança”, pontua. Basicamente formado por casas, o bairro tem se verticalizado nos últimos anos e está em plena expansão.

Concórdia

Periférico, mas cheio de história, o bairro Concórdia está entre os mais antigos e populares da região nordeste. Lá, nos anos de 1920, moravam basicamente os construtores da cidade, inocentemente planejada nos limites da Avenida do Contorno. Na década seguinte, empresas importantes para a expansão industrial da capital se instalaram em bairros vizinhos: as fábricas têxteis dos bairros Renascença e Cachoeirinha trouxeram a luz elétrica, o bonde e o progresso para a região.

Um dos problemas crônicos da região nordeste está relacionado ao período das chuvas, a cada ano mais imprevisível. Dezenove córregos cortam a região. O transbordar do Cachoeirinha, que corre pela Avenida Bernardo Vasconcelos, é um transtorno para os bairros que estão à sua margem, como Cachoeirinha, Santa Cruz, Renascença, Ipiranga e Palmares.

A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) informou que estão sendo desenvolvidos projetos para ampliação dos canais do Córrego Cachoeirinha e dos Ribeirões Pampulha e Onça. Segundo a Sudecap, mais de 145.000 habitantes serão beneficiados pela reforma dos canais, além de reduzir os prejuízos e os transtornos causados com o alagamento e interdição da avenida Cristiano Machado.

Comércio
A Feira dos Produtores é um marco do comércio da Região Nordeste de BH

De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças, há 15.821 estabelecimentos ativos na região, entre indústria, comércio e prestação de serviços. A maior parte deles instalada ao longo da Avenida Cristiano Machado. Destaque para o Minas Shopping, um dos principais centros de compra da capital, o shopping de móveis e decoração, Minas Casa; o hotel Ouro Minas, concessionárias e agências de veículos e a Feira dos Produtores, ponto turístico da região.

Feira e fé

A feira começou no início dos anos 1950, com hortifrutigranjeiros se reunindo num galpão no bairro Lagoinha para comercializar seus produtos. Com a implantação do metrô na capital (1981), a feira cedeu espaço para atual Estação Lagoinha e foi transferida para o Cidade Nova. Com 108 lojas, distribuídas por 408 m² a Feira dos Produtores é mais conhecida pela qualidade das hortaliças, legumes e frutas, mas o local surpreende, como os antigos armazéns de interior. Há de tudo: desde bares, barraca de comidas típicas, passando por barbearia, flora, utilidades para lar, até casa de ferragens. Recentemente, o local ganhou nova fachada, novos boxes e lojas e acessibilidade, com adaptação das calçadas no entorno para cadeirantes e deficientes visuais. De acordo com a administração, 30 mil pessoas/mês passam pela feira, destes, 15% são turistas.

Santuário de São Judas Tadeu, no Bairro da Graça
Santuário de São Judas Tadeu, no Bairro da Graça

A fé também movimenta a região nordeste. No bairro da Graça, fica o Santuário de São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis. Além das celebrações habituais, o local recebe milhares de devotos, ao 28° dia de cada mês, para missas e procissões. A Igreja Batista da Lagoinha tem mais de 50 mil membros, e também atraí fiéis e visitantes do mundo inteiro. O templo fica do lado nordeste do bairro São Cristovão, que também faz parte da regional noroeste.

Culto na Igreja Batista da Lagoinha
Escolas

Na região há 55 escolas de ensino fundamental (municipais e estaduais); três faculdades (PUC São Gabriel, Uni BH e Universo); seis Unidades Municipais de Educação Infantil (UMEIs) e dez creches conveniadas. Na saúde, são 21 unidades básicas, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), um Centro de Referência da Saúde Mental (CERSAM), um Centro de Convivência, uma Farmácia Distrital e uma Central de Esterilização Distrital e os hospitais São Francisco e Belo Horizonte.

Como opção de lazer, para prática de esportes e cultura, a região abriga os parques Professor Guilherme Lage (bairro São Paulo), Ecológico e Cultural Professor Marcos Mazzoni (Cidade Nova), da Matinha (União), Ecológico Renato Azeredo (Palmares), Parque-Escola Jardim Belmonte (Belmonte), Orlando Carvalho da Silveira (Bairro da Graça) e Ismael de Oliveira Fábregas (Nova Floresta).

O que vem por aí

As principais vias da região nordeste são a avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, José Cândido da Silveira, Bernardo Vasconcelos e a Rua Jacuí, que avança até o bairro Floresta, na região Leste. O pacote de obras da Linha Verde deu mais fluidez ao trânsito com intervenções em dois principais corredores de tráfego da região: a trincheira da Avenida Antonio Carlos (interligando as regiões nordeste e noroeste por meio das avenidas Bernardo Vasconcelos e Américo Vespúcio) e a duplicação da Cristiano Machado.

Porém, a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo exigiu — às pressas — algumas adaptações de nossa engenharia. Para a instalação do BRT (transporte rápido por ônibus), por exemplo, a pista exclusiva para ônibus da Cristiano Machado se transformou num canteiro de obras. Sem falar nos gargalos, túnel da Lagoinha e complexo de viadutos, que dão acesso ao centro. Para o motorista de ônibus Ronaldo de Souza, 35 anos, (linha 4315-Palmital/BH), trafegar pela via é um desgaste diário.

— Nos horários de pico, (de manhã, sentido centro; na hora do almoço, nos dois sentidos, e no final da tarde, sentido bairro) a gente gasta em média 50 minutos, só pra percorrer os 12 km da avenida.

Além do desrespeito com a população e com sua categoria, Ronaldo aponta falhas das autoridades no controle do tráfego e, principalmente, a falta de ponderação na hora de aplicar multas, em situação tão adversa.

Metrô

A estação BHBus São Gabriel atende a região nordeste, fazendo baldeação entre ônibus e integração ao metrô. Pela localização estratégica (ao lado do Anel Rodoviário), será construída ali, até 2014, a nova rodoviária de Belo Horizonte. A estação já vinha sendo utilizada como alternativa da capital para o embarque e desembarque de ônibus interestaduais. Cerca de R$ 57 milhões serão investidos nas obras. A rodoviária da região central será transformada em terminal exclusivamente metropolitano. Duas estações do metrô estão instaladas na região: São Gabriel e Minas Shopping, atrás do centro de compras. Noutros tempos, quando Belo Horizonte ainda era um arraial, funcionava ali a sede da Fazenda São João Batista.

O líder comunitário do bairro Pirajá, Elvis Cardoso, 40 anos, está animado com as melhorias que a Copa do Mundo vai trazer para região nordeste. Além da construção de uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) nas adjacências, ele fala do início das obras da Via 710, uma espécie de novo Anel, que fará a ligação leste-oeste, sem passar pelo centro, através das regiões nordeste e noroeste.

— A Via sai da Avenida dos Andradas, passa por aqui, na Cristiano Machado, e vai até a Tereza Cristina… É mais uma alternativa pro trânsito e, sem dúvida, vai facilitar a vida da população.

Lista de bairros Regional Nordeste
Acaiaca Andiroba
Antônio Ribeiro de Abreu Primeira Seção Antônio Ribeiro de Abreu Segunda Seção
Antônio Ribeiro de Abreu Terceira Seção Beija Flor
Beira-Linha Bela Vitória
Belmonte Boa Esperança
Cachoeirinha Canadá
Capitão Eduardo Carioca
Cidade Nova Colégio Batista (parte do bairro está na região leste)
Concórdia Conjunto Capitão Eduardo
Conjunto Paulo VI Conjunto Ribeiro de Abreu
Dom Joaquim Dom Silvério
Eymard Fernão Dias
Goiânia Graça
Grotinha Guanabara
Ipê Ipiranga
Jardim Vitória Lagoinha (parte do bairro está na região noroeste)
Maria Goretti Maria Virgínia
Mirtes Morro dos Macacos
Nazaré Nova Floresta
Ouro Minas Palmares
Paulo VI Penha
Pirajá Pousada Santo Antônio
Renascença Ribeiro de Abreu (parte do bairro está na região norte)
Santa Cruz São Benedito
São Cristovão (parte do bairro está na região noroeste) São Gabriel
São Marcos São Paulo
São Sebastião Silveira
Tiradentes Três Marias
União Vila da Luz
Vila da Paz Vila de Sé
Vila do Pombal Vila Esplanada
Vila Inestan Vila Ipiranga
Vila Maria Vila Nova Cachoeirinha Terceira Seção
Vila Ouro Minas Vila São Dimas
Vila São Gabriel Vila São Gabriel Jacuí
Vila São Paulo Vista do Sol
Vitória