Nova Lima vira refúgio para empreendimentos de luxo

2
476
Área externa do empreendimento Soho Square,em Nova Lima

Corretores apostam no Vila da Serra para escapar da falta de terrenos na região Centro-sul de Belo Horizonte

Bruno Menezes

A Zona Sul de Belo Horizonte é hoje o coração financeiro da cidade. Grandes bancos, escritórios, casas de shows, hospitais e escolas tradicionais estão localizados na região Centro-Sul da capital mineira. Além disso, ela sempre concentrou famílias de alto poder aquisitivo, tornando-se uma área bastante valorizada com o passar dos anos. Entretanto, quem está atrás de uma casa ou apartamento na região, pode se assustar com os valores encontrados.

Para determinar o valor de um imóvel, a localização juntamente com a idade e o padrão de construção são pontos importantes. A grande tendência do mercado de apartamentos de luxo hoje é comercializar imóveis menores com preços mais elevados, porém sem abrir mão do requinte.

Atualmente, um imóvel no bairro Santo Agostinho, por exemplo, pode custar cerca de R$ 11 mil o metro quadrado. É o que conta a corretora de imóveis Ângela Almeida. “Há uma tendência de crescimento muito grande do bairro Vila da Serra. Isso ocorre porque já não há mais tantas oportunidades na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Hoje o valor do metro quadrado no Vila da Serra é muito mais atrativo. Tratamos o bairro como uma extensão da zona sul de Belo Horizonte”, explica.

Corretores de imóveis Ângela Almeida e Alexandre Scaldaferri
Corretores de imóveis Ângela Almeida e Alexandre Scaldaferri

Ângela Almeida e seu namorado, também corretor de imóveis, Alexandre Scaldaferri estão divulgando um novo empreendimento da construtora Patrimar, que será construído no bairro Vila da Serra – o Soho Square. “Trata-se de algo totalmente novo no mercado. É um empreendimento de 26 andares, com apartamentos de um ou dois quartos e oito lofts voltados para um público jovem e casais que tenham no máximo um filho”, afirma Alexandre Scaldaferri.

Com clima ameno e IPTU mais barato – por estar localizado em Nova Lima – o Soho Square e outros empreendimentos da região podem se tornar verdadeiros oásis para quem está em busca de apartamentos de luxo. O grande objetivo do projeto é proporcionar comodidade para os moradores. Para isso, serão oferecidos serviços já inclusos como o delivery, o cinema com programação e outros serviços que serão pagos como o Pet Care para animais de estimação, o personal trainer para quem precisa de orientação para realizar atividades físicas, dentre outros.

Playground do empreendimento Soho Square, em Nova Lima
Playground do empreendimento Soho Square, em Nova Lima

Os moradores poderão contar com uma ou duas vagas na garagem e uma grande área de lazer com banheira romana, piscina coberta e descoberta, piscina infantil,playground, SPA, sauna, quadra poliesportiva e salão de festas. Para o deleite dos moradores um lounge será montado no 24º andar do prédio, onde será possível ter uma bela vista da cidade. A grande inovação do projeto vai ser a implantação de uma estação para carros híbridos. Esses carros funcionam a partir de uma mistura de motor a combustão com motor elétrico, e prometem, em longo prazo, ser a saída ecológica mais viável para a redução da poluição automotiva.

O lançamento oficial do projeto ainda não tem data definida, mas quem se interessar em comprar um apartamento no Soho Square terá que desembolsar a bagatela de R$ 7,5 mil pelo metro quadrado, quase a metade da média encontrada na região sul de Belo Horizonte.

Perspectiva do empreendimento Soho Square
Perspectiva do empreendimento Soho Square
  • Alexandre Scaldaferri

    Prezados,

    A todos que se interessarem por conhecer o projeto deixo aqui nossos contatos.

    Alexandre Scaldaferri
    31-8868.0282
    ascalinvestimentos@gmail.com

    Angela Almeida
    31-9202.6885
    angela.almeida@vendasbb.com.br

    Abraço,

    Alexandre Scaldaferri

  • alisson

    Em recente pesquisa da Urbanizo, a média de metro quadrado no Vila da Serra é de 6,5, entre os dez mais da região Centro Sul de BH, só perdendo para Savassi, Lourdes, Belvedere, Funcionários e Santo Agostinho.

    Falar que o metro quadrado do Vila da Serra é a metade dos demais bairros da ZS é uma insanidade. Os bairros mais valorizados de BH, Savassi, LOurdes e Belvedere, têm respcetivametne a médias de 8 mil o metro quadrado, 7,7 e 7,4 mil. Vila da Serra tem a média de 6,5. Isso é quase a metade?