Arquitetura tem soluções contra o barulho em casa

0
414
Janelas com tratamentos acústicos, piso de madeira, tapetes e cortinas podem amenizar os ruídos externos

Ônibus passando acelerados, carros buzinando, salto alto no andar de cima, bebê chorando no andar de baixo, cachorro latindo no apartamento ao lado. Estressante só de mencionar, essa lista de barulho em casa representa a realidade da maioria das pessoas que vivem nos centros urbanos. Uma realidade da qual é difícil escapar, já que são poucos os que têm a possibilidade de viver num local onde o silêncio é regra.

Se não dá para escapar é possível, pelo menos, amenizar consideravelmente esse incômodo graças a soluções propostas pela arquitetura. “Silêncio total, morando em centro urbano, é quase uma utopia. No entanto, as soluções disponíveis no mercado são bem interessantes e fornecem o aconchego acústico que a maioria dos mortais necessita”, avalia a arquiteta Marina Dubal.

Para minimizar o ruído feito pela vizinhança, por exemplo, a arquiteta Sandra Diniz tem algumas dicas. “O barulho feito em andares vizinhos, como o arrastar normal de cadeira, o pisar de salto alto, dentre outros, pode ser isolado com tratamento acústico. O uso de manta acústica é ideal, pois sua aplicação é fácil e rápida”, explica.

Já os sons que vêm da rua, por serem mais intensos, requerem uma atenção maior. “Com relação a ruídos externos, o ideal é escolher bem a janela. Janelas com tratamento acústico, como vidro duplo, e com vedação bem projetada, evitam que o ruído adentre por elas. É importante também evitar as janelas do tipo Maxim-ar, pois elas facilitam a entrada do som no espaço, já que funcionam como captadoras de som, quando abertas”, enumera Sandra Diniz. Marina concorda e faz um alerta: “As janelas acústicas, por serem sobrepostas internamente ao vão existente, criam uma volumetria para dentro do espaço. O aconselhável é uma orientação profissional para tratar esse volume de forma adequada”, orienta.
As profissionais lembram também que, além dessas medidas, alguns truques simples podem contribuir para o conforto acústico, amenizando o som que entra e sai da sua casa. “Além desses artifícios de vedação, madeiras e tapetes podem ser especificados para complementar ambientes em regiões barulhentas. Sem falar das cortinas que, além de decorativas, protegem ainda mais das ondas sonoras externas e podem ajudar a criar um ambiente aconchegante e elegante”, observa Marina. Para os que moram em casa, Sandra Diniz encerra com mais uma dica: “O plantio de árvores também contribui para que o som não se propague com tanta intensidade”.