Apartamentos antigos são a bola da vez

0
232
Apartamentos antigos podem passar por uma ampla reforma com o objetivo de adequá-los ao estilo de vida do proprietário. Foto: Daniel Mansur
Apartamentos antigos podem passar por uma ampla reforma com o objetivo de adequá-los ao estilo de vida do proprietário. Foto: Daniel Mansur
Apartamentos antigos causam mudanças na forma das pessoas trabalharem e se relacionarem estão impactando também no layout.  A preferência atual é adequá-los em vez de comprar um novo

Os apartamentos antigos sempre tem um charme especial. As moradias foram um importante elemento para se contar a história da humanidade. À medida em que a sociedade vai se transformando, mudanças comportamentais impactam na forma como as pessoas vivem. Hoje em dia, por exemplo, morar perto do trabalho é algo mais valorizado que ter carro. Trabalhar em casa é realidade e tudo isso tem agregado um valor especial aos apartamentos antigos que trazem algumas vantagens mais coerentes às novas formas de viver.

“Eu acredito muito que os modos de morar estão se modificando e vão se modificar cada vez mais. As necessidades dentro da casa estão mudando, com certeza. O crescimento do home office também tem pedido uma adequação maior da casa. Como as pessoas passam mais tempo na morada, elas estão buscando mais conforto”, reforça a arquiteta Estela Netto.

Além do home office estar em alta, outro fator que mudou o olhar das pessoas em relação aos apartamentos antigos é a localização. A maioria desses imóveis fica em regiões centrais, sendo possível evitar o trânsito pesado, comum atualmente. Em alguns casos dá até para ir a pé ao trabalho. Mas para atender essa nova forma de viver do homem contemporâneo, esses imóveis precisam passar por adaptações. “O apartamento precisa ser atual, precisa dizer quem o usuário é para o mundo. E aí a gente vê uma demanda crescente na arquitetura muito interessante e admirável. É como se a gente compreendesse o mundo a partir do que a gente pode ver na arquitetura. É lindo”, comemora Estela.

Estilo de vida do morador

Em projeto recente, a arquiteta fez algumas mudanças em um apartamento antigo para adequação ao estilo de vida do morador. “A Estela integrou a cozinha com a sala de jantar e estar. Há uma porta de correr em três abas entre as duas primeiras. Esse elemento ajuda na versatilidade dos ambientes, permitindo separação no dia a dia e circulação em dias de cozinhar com família e amigos, o que adoro fazer”, conta o fiscal da Receita federal, Cláudio Ikemura, cliente que solicitou o projeto.

Antes e depois do escritório. As mudanças provocadas no espaço permitiram um aumento da produtividade do morador. Foto: Daniel Mansur
Antes e depois do escritório. As mudanças provocadas no espaço permitiram um aumento da produtividade do morador. Foto: Daniel Mansur

Entre as principais mudanças está a do escritório. “Ele foi totalmente remodelado com móveis funcionais, estilosos e feitos sob medida. Como trabalho na maior parte do tempo no modelo home office, isso teve um impacto bem positivo no meu bem-estar. Confesso que minha produtividade até aumentou”, comemora Cláudio.

O cliente da arquiteta destaca ainda o que mais gostou no projeto: “A integração da área social do apartamento foi o que mais impressionou. Hoje consigo aproveitar muito o meu hobby de cozinhar, interagindo com família e amigos. Tal intervenção valorizou os espaços, dando uma sensação de serem mais amplos”.