Aluguel residencial sobe menos que a inflação em BH

0
319
O valor venal dos imóveis cobrado no ITBI em BH será investigado pelo Ministério Público
O metro quadrado em Belo Horizonte em setembro vale R$ 5.890,00, segundo pesquisa de preços de imóveis da FipeZap

Aluguel comercial subiu 2,44% no mesmo período

Os aluguéis de imóveis residenciais subiram 1,62% no primeiro trimestre do ano, segundo pesquisa da Câmara do Mercado Imobiliário (CMI/Secovi-MG) e do Instituto de Pesquisas Econômicas e Administrativas (IPEAD), da UFMG, divulgada nesta quarta-feira (24/04). No mesmo período a inflação pelo IPCA-Ipead foi de 2,69% .

Em março, o mercado de locação de imóveis em Belo Horizonte apresentou registros de altas nos preços e na oferta. No segmento de aluguel residencial, enquanto a inflação registrada na capital mineira foi de 0,50% no mês, o valor do aluguel teve aumento de 0,57%. O índice acumulado nos últimos 12 meses foi de 7,38% (a inflação do período foi de 5,60%).

Em relação à oferta de imóveis residenciais, houve, no mês passado, aumento de 1,59%. No primeiro trimestre, o crescimento da oferta foi de 2,78% e, no acumulado dos últimos 12 meses, chegou a 14,21%.

Aluguéis residenciais em março de 2013
Inflação IPCA-Ipead          Variação preços dos aluguéis
         0,50%                                                           0,57%

Aluguéis residenciais – variação primeiro trimestre de 2013
Inflação IPCA-Ipead                Variação preços dos aluguéis
            2,69%                                                       1,62%

Aluguéis residenciais – variação em 12 meses
Inflação IPCA-Ipead               Variação preços dos aluguéis
            5,60%                                                     7,38%

Ao segmentar a variação geral de preços residencial obtida em março por tipos imobiliários, a pesquisa indica aumentos de 0,54% (apartamentos), 0,59% (barracões) e 0,80% (casas). De acordo com as classes de bairros, os aluguéis de apartamentos tiveram as seguintes variações: Popular (0,59%), Médio (0,02%), Alto (0,87%) e Luxo (0,49%)

Por tipo de imóveis, a variação de 1,59% na oferta residencial teve o seguinte comportamento: 0,40% para apartamentos, -13,89% para barracões e 19,15% para casas.

Aluguel comercial acumula alta de 2,44% no trimestre
O aluguel comercial registrou elevações de 0,96% em março, 2,44% (primeiro trimestre) e 10,88% (últimos 12 meses). No mês passado, os valores dos aluguéis comerciais, segmentados por tipos imobiliários, registraram as seguintes variações: 1,48% (andares corridos), 0,58% (casas comerciais), 1,62% (galpões), 1,22% (salas) e 0,70% (lojas).

Com relação à oferta, os imóveis comerciais para aluguel apresentaram elevação de 9,40% em março. No primeiro trimestre do ano, o acumulado foi de 8,32% e chegou a 19,53% nos últimos 12 meses. Segmentada por tipos, a variação da oferta comercial apresentou aumentos de 5,88% (andares corridos), 10,78% (salas), 14,97% (casas comerciais), 7,14% (galpões) e 8,91% (lojas).

Aluguéis comerciais – variação primeiro trimestre de 2013
Inflação IPCA-Ipead               Variação preços dos aluguéis
           2,69%                                                            2,44%

Aluguéis comerciais – variação em 12 meses
Inflação IPCA-Ipead               Variação preços dos aluguéis
          5,60%                                                           10,88%