Aluguel em São Paulo sobe 0,4% em abril

0
239
Em abril, os imóveis para aluguel em São Paulo demoraram de 18 a 46 dias para serem alugados
Em abril, os imóveis para aluguel em São Paulo demoraram de 18 a 46 dias para serem alugados
No acumulado em 12 meses, retração no valor do aluguel em São Paulo atinge 3,8%, ante um IGP-M de 10,6

O valor médio do aluguel em São Paulo aumentou 0,4% em abril, em relação aos preços de março, segundo pesquisa efetuada pelo  Sindicato da Habitação (Secovi-SP). Já no acumulado de 12 meses, os aluguéis apresentam retração de 3,8%, contra uma inflação, medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), de 10,6% no mesmo período.

“Ainda que o aluguel tenha apresentado ligeiro acréscimo em relação ao mês anterior, é provável que o valor da locação, no acumulado em 12 meses, continue apresentando queda nos próximos levantamentos”, afirma Rolando Mifano, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP.

Na análise por número de dormitórios, todas as tipologias registram crescimento no mês de abril. O maior aumento ocorreu nos imóveis de 1 quarto, com variação de 0,7%. As residências de 2 quartos tiveram alta de 0,40 e as de 3 dormitórios, de 0,15%.

O tipo de garantia mais utilizado pelos inquilinos foi o fiador, responsável por 46% das locações efetuadas. O depósito de até três aluguéis garantiu 36% dos imóveis, enquanto o seguro-fiança foi usado em 18% dos contratos realizados.

O IVL (Índice de Velocidade de Locação), que mostra em número de dias quanto tempo se leva até a assinatura do contrato de aluguel em São Paulo, indicou período de ocupação de 18 a 46 dias. No período avaliado, as casas e os sobrados foram alugados mais rapidamente, entre 18 e 44 dias. Os apartamentos tiveram um ritmo de escoamento mais lento, de 25 a 51 dias. 

Pirituba – Neste mês, a Pesquisa de Locação Residencial do Secovi-SP analisa dados históricos dos valores negociados no bairro de Pirituba. Segundo o estudo, imóveis em bom estado de conservação e com vaga de garagem contratados no bairro em abril registraram valor médio por metro quadrado de R$ 19,78 (imóveis de 1 quarto), R$ 17,52 (2 quartos) e de R$ 15,88 (3 quartos).

A variação dos valores de locação residencial acumulada na região no período de abril de 2010 a abril de 2016 foi de 86,2% para os imóveis de 1 quarto, 77,1% para os de 2 quartose de 60,3% para as unidades de 3 dormitórios. No mesmo período de comparação, a variação média dos imóveis no município foi de 50,3% e o IGP-M oscilou 52,2%.