Afinidade do paisagismo com arquitetura traz harmonia a ambientes

0
441
No projeto do arquiteto Cássio Gontijo e da paisagista Erly Hooper, o jardim vertical quebra o clima austero das clínicas odontológicas. Fotos: Daniel Mansur

Na natureza, chamamos de mutualismo a interação entre dois organismos que se beneficiam reciprocamente. O termo também pode ser muito bem empregado para definir a relação entre a arquitetura e o paisagismo, ofícios realizados por diferentes profissionais, mas que precisam estar em perfeita sintonia. “A relação entre o projeto paisagístico e o projeto arquitetônico é de extrema importância. Um depende do outro, pois quem está idealizando o arquitetônico tem que ter em mente o que deseja para o paisagismo”, avalia o arquiteto Cássio Gontijo, que reconhece a importância do paisagismo na finalização de um projeto.

Embora essa seja uma decisão dos clientes, o arquiteto faz questão de orientá-los quanto à escolha do paisagista. “Faço questão disso, pois a sintonia entre ambos profissionais é muito importante para que um projeto não se perca do outro. Só apresentamos um parecer final para o cliente, que é o maior beneficiado com essa parceria, depois de várias conversas e reuniões entre eu e o profissional do paisagismo”, explica Cássio.

O uso de esculturas e cascatas de água podem valorizar o paisagismo

A paisagista Erly Hooper concorda com o arquiteto: “É necessário um entrosamento um com outro. É um trabalho de equipe onde todos os esforços visam equacionar o negócio”. Não por um acaso, Erly é uma das principais parceiras de Cássio. Ela conta como funciona essa sintonia: “O projeto paisagístico começa, normalmente, quando a obra está em fase de acabamento, já que projeto arquitetônico tem que estar definido e já estabilizado para se fazer o paisagismo”. Erly lembra ainda que o paisagista aceita e precisa da participação do arquiteto. “O arquiteto faz suas interferências, mas um sempre respeitando as opiniões e pontos de vista do outro”, arremata.

Os dois profissionais salientam que o mais importante é que nenhum projeto sobressaia sobre o outro, afinal, eles são complementares. Um exemplo dessa complementação harmoniosa é o projeto desta clínica odontológica, fruto da parceria entre Cássio e Erly, na qual o paisagismo encheu de vida a estrutura moderna do empreendimento.